Início Boxe

Robson Conceição vira top-15 mundial dos superpenas

Presença no top-15 da WBO se deu após a vitória sobre o mexicano Juan Antonio Ahumada
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O pugilista baiano Robson Conceição apareceu na 15ª posição da categoria superpenas (até 58,97 quilos) da Organização Mundial de Boxe (WBO, sigla em inglês) na atualização desta quinta-feira (22). É a primeira vez que o brasileiro de 32 anos aparece no ranking mundial desde que se profissionalizou, em 2016, após a conquista da medalha de ouro na Olimpíada do Rio de Janeiro, em 2016.

A presença de Robson Conceição no top-15 da WBO se deu após a vitória sobre o mexicano Juan Antonio Ahumada, no último dia 10, em Tulsa (Estados Unidos). Foi o 16º triunfo do brasileiro como profissional, sendo o oitavo por nocaute. Ele derrubou o rival no início do sétimo round.

“Minha hora chegou! Vamos ajustar os treinos, planejar o fight camp [período de treinos] nos Estados Unidos e dar show”, comemorou Robson em declaração via assessoria de imprensa.

Após a luta em Tulsa e o retorno ao Brasil, Robson tirou 15 dias de folga e retoma os treinos na próxima terça-feira (27). O baiano aguarda a Top Rank, empresa promotora de eventos de boxe com sede em Las Vegas (Estados Unidos) agendar a próxima luta, prevista para agosto. O norte-americano Shakur Stevenson é o líder do ranking masculino dos superpenas na WBO. O atual campeão da categoria entre os homens também é dos Estados Unidos: Jamel Herring.

Outros dois brasileiros aparecem no top-15 dos respectivos pesos em rankings da WBO. O capixaba Esquiva Falcão é o terceiro dos médios (até 72,58 quilos), enquanto o catarinense Patrick Teixeira é o sexto dos médios-ligeiros (até 69,85 quilos). Este último era detentor do cinturão da categoria até fevereiro, quando foi superado pelo argentino Brian Castano.

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.