Início Geral

Rueda chega ao Flamengo com desafio de superar retrospecto negativo

O colombiano Reinaldo Rueda é o novo técnico do Flamengo. O treinador, ex-Atlético Nacional, será o 10º estrangeiro a comandar o Rubro-Negro na história.”É um desafio muito grande. Estou consciente do que significa vir ao Flamengo e ao futebol brasileiro”, declarou o novo comandante. Porém, ele terá de encarar um retrospecto recente que não anima. Os últimos técnicos de fora a assumir times brasileiros não fizeram muito sucesso. Confira os nomes e o que aconteceu com eles em suas passagens:

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio

Juan Carlos Osório (São Paulo)

Em 2015, o São Paulo apostou em outro colombiano para assumir a equipe. Juan Carlos Osorio chegou ao Tricolor após bela passagem pelo mesmo Atlético Nacional de Rueda e ficou no comando da equipe paulista por menos de 5 meses, mas a razão da saída foi um convite de seleção – atualmente, Osorio é treinador do México. Em 29 jogos, conseguiu 13 vitórias.

Paulo Bento (Cruzeiro)

Paulo Bento foi treinador do Cruzeiro durante uma parte da temporada 206. Sua passagem em Minas, porém, durou pouco. Apesar da badalação por ter comandado a seleção portuguesa, foram 17 jogos e somente 6 vitórias no total. Com o time celeste sofrendo risco de rebaixamento, Bento acabou demitido e substituído por Mano Menezes, que tirou a equipe da 19ª colocação e permanece até hoje no banco de reservas do clube.

Diego Aguirre (Internacional)

O Inter também já apostou em uma opção de comando estrangeira. Para a temporada 2015, a direção colorada escolheu Diego Aguirre, direto do Qatar. O uruguaio permaneceu no time até agosto, quando, apesar de ter alcançado a semifinal da Libertadores naquele ano – foi derrotado pelo Tigres, do México -, acabou demitido após um mau momento e resultados negativos no Brasileirão, quando o Inter ocupava a 10ª posição. O sucessor escolhido pela diretoria foi Argel Fucks.

Edgardo Bauza (São Paulo)

Pouco tempo depois de Osorio, o São Paulo foi buscar Edgardo Bauza, campeão da Libertadores pelo San Lorenzo e pela LDU. O trabalho do argentino era questionado no Morumbi, até que ele foi chamado para assumir a seleção de seu país. Com mais uma perda de treinador para seleção nacional, o Tricolor apostou em Ricardo Gomes, então no Botafogo, para o comando técnico.

Ricardo Gareca (Palmeiras)

Entre maio e agosto de 2014, o Palmeiras foi comandado pelo argentino Ricardo Gareca, que chegou gabaritado por títulos argentinos conquistados no Vélez Sarsfield. Hoje treinador da seleção peruana, ele durou apenas 13 partidas no Verdão. Os resultados ruins e a ameaça do rebaixamento fizeram o clube apostar em Dorival Júnior para se salvar da queda.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.