Início Geral

Saúde de CG nega irregularidades e vai recorrer da decisão do TCE-PB

A Secretaria Municipal de Saúde de Campina disse, em nota divulgada à imprensa na manhã desta quarta-feira (13), que vai recorrer da decisão do Tribunal de Contas do Estado em rejeitar as contas do exercício de 2013 e apontar irregularidades como desorganização na gestão e gasto excessivo com contratação de servidores.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

“A Secretaria Municipal de Saúde afirma ainda que, mesmo com o estado de calamidade encontrado na rede municipal de saúde no ano de 2013 pela atual gestão, todas as despesas da pasta vêm sendo realizadas dentro da legalidade. Não por acaso, os índices de investimento no setor na atual gestão ultrapassam em muito o estabelecido na Constituição”, diz a nota, fazendo referência a supostas falhas deixadas por Veneziano Vital do Rêgo.

“Por fim, a Secretaria Municipal de Saúde reafirma o compromisso de continuar tratando o erário dentro da moralidade e respeito, de forma a atender os interesses da população”, completa a Secretaria.

Também em nota, Veneziano disse que não houve irregularidades em sua gestão. Ele criticou a forma como Romero Rodrigues conduz a administração pública. Ao atual deputado federal, a decisão do TCE-PB não surpreende.

“Eu já vinha alertando do equívoco que foi eleger Romero prefeito, que fechou os restaurantes populares, desmantelou os serviços de atenção básica, as unidades do CAPs, equipamentos importantes como a Vila Olímpica, a UPA e o Samu, além de não estar cumprindo com os PCCRs de várias categorias de trabalhadores. É uma lástima a atual administração”, disse.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.