Secretaria de JP promove campanha ’16 Dias de Ativismo pelo fim da viol?ncia contra a mulher’

27
COMPARTILHE

Começa na próxima quarta-feira (25), Dia Internacional de Não Violência Contra as Mulheres, a campanha 16 Dias de Ativismo pelo fim da violência contra a mulher. O objetivo da ação é promover o debate visando romper com as situações de violência. A mobilização é mundial e em João Pessoa será coordenada pela Secretaria Extraordinária de Políticas Públicas para as Mulheres (SEPPM) que preparou uma série de atividades em parceira com as secretarias municipais de Saúde, Educação e Cultura, Instituto Cândida Vargas e OAB-PB.

Leia mais Notícias no Portal Correio

De acordo com a secretária de Políticas Públicas para as Mulheres, Adriana Urquiza, o movimento é realizado simultaneamente em 160 países e visa fortalecer a autoestima da mulher e seu empoderamento, como condição de romper com as situações de violência. “É fundamental tratar o enfrentamento a violência contra a mulher, ela é real e quanto mais as mulheres conhecerem seus direitos, mais estarão preparadas para romper com o ciclo de violência”, enfatiza.

Em João Pessoa, as atividades começam na quarta-feira (25) pela entrega do 1º Prêmio Eleonora Menicucci – Igualdade de gênero nas escolas. O prêmio consiste em um concurso de redações e experiências pedagógicas de igualdade de gênero realizadas no ambiente escolar. Serão contemplados os trabalhos desenvolvidos por estudantes, professores e pela própria escola. A solenidade de entrega será realizada no Centro Administrativo Municipal, em Água Fria, às 9 horas.

Ainda no dia 25 será lançado o projeto “Violência e Amor não Namoram: juventudes e prevenção na escola”. O projeto é desenvolvido pela SEPPM em parceria com a Secretaria de Educação e Cultura, além do Projovem. O objetivo é alertar adolescentes sobre situações de violência vivenciadas nos relacionamentos.

Outro evento em destaque nos 16 Dias de Ativismo é o seminário “Diálogos sobre as Leis do Feminicídio e Maria da Penha”, que acontece no dia 11 de dezembro, no auditório da OAB-PB, no Centro da capital. Já nos distritos sanitários de Mangabeira, Miramar, Grotão e Torre ocorrem a etapa de “Qualificação junto aos Distritos Sanitários: Diálogos sobre a Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher”.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas