Moeda: Clima: Marés:
Início Pandemia

Secretário faz alerta após disparada de mortes por Covid-19 na PB

Daniel Beltrammi detalhou números do boletim diário da SES e reforçou a necessidade da vacina para evitar mais internações e mortes
(Foto: Reprodução)

O secretário executivo de Saúde da Paraíba, Daniel Beltrammi, afirmou que 13 dos 25 óbitos por Covid-19 registrados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) no boletim desta quinta-feira (27) ocorreram nas últimas 48 horas. Segundo o secretário, isso é consequência do rápido crescimento do número de casos e internações.

Beltrammi detalhou os dados do boletim diário da SES e afirmou que 75% das internações feitas no período foram de pessoas com 60 anos ou mais, a maioria com esquemas vacinais incompletos – no total, são mais de 675 mil paraibanos nessa condição, afirma o secretário.

Ele fez um alerta a quem ainda não tomou todas as doses da vacina contra a Covid-19 disponibilizadas. “Você precisa completar seus esquemas vacinais! A variante Ômicron pede para que nós estejamos completamente protegidos”, disse.

O secretário também reforçou que as medidas de prevenção devem ser mantidas. “Como o vírus circula com intensidade, você precisa utilizar máscara quando estiver fora de casa”, destacou.

Sem dados de vacina

Desde o dia 20 de janeiro a Paraíba não tem o número atualizado de doses da vacina contra Covid-19 aplicadas no estado.

Até a última parcial, divulgada pela SES, foi registrada no sistema do Ministério da Saúde a aplicação de 6.219.174 doses.

Pelos números, o estado tem 3.113.491 pessoas vacinadas com a primeira dose (76,71% do total) e 2.615.693 que completaram os esquemas vacinais – 64,44% da população total do estado.

Do total de vacinados com o esquema primário completo, 2.533.758 tomaram as duas doses e 81.935 utilizaram imunizante de dose única.

Sobre as doses adicionais, foram aplicadas 13.126 em pessoas com alto grau de imunossupressão e 476.864 doses de reforço na população com idade a partir de 18 anos.

Palavras Chave

Pandemia

Comentários

Luis Sergio de Almeida Barbosa disse:

Seria interessante a testagem nas repartições…onde eu trabalho várias pessoas testaram(+) positivo e não tinham sintomas.eu tive COVID 19 no dia 17/01/2022 ainda estou debilitado e tenho que ir trabalhar segunda feira 31/01/2022… será que ainda posso contaminar alguém??

Miguel Ruiz disse:

Eu e minha esposa tomamos as 2 doses da corona vac e a de Reforço da Faizer a 10 dias no contaminação mais graças a Deus e a vacinação completa tivemos apenas dor de cabeça e garganta. Nada mais.

Robson disse:

Não vi comentário destes no fest verão??

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.