Secret?rio diz que a Para?ba dever? ganhar dois novos pres?dios na regi?o do Brejo

19
COMPARTILHE

Para minimizar a superlotação do sistema carcerário da Paraíba, deverão ser construídas, segundo o secretário de Administração Penitenciária do Estado, Wagner Dorta, duas novas penitenciárias. A afirmação foi feita durante entrevista ao programa Correio Debate, da Rede Correio Sat, nesta quarta-feira (29), quando ele declarou que os novos presídios serão instalados na cidade de Solânea, no Brejo, a 130 km de João Pessoa.

Leia também: Delegado da PB e secretário de Estado trocam ameaças e brigam ao vivo em entrevista; ouça

“A população carcerária aumenta de forma progressiva. Na Paraíba temos mais de 10 mil presos e o Estado tem investido em construção de unidades prisionais. Será expedida uma ordem de serviço para construção de duas na cidade de Solânea para presos provisórios, com 388 vagas cada”, contou o secretário. Ele citou também as dificuldades de investimento no sistema penitenciário. Conforme declarou, uma vaga custa R$ 40 mil e uma unidade para mil vagas custa R$ 40 milhões.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Em uma semana marcada por rebelião no presídio Serrotão, em Campina Grande, Dorta comentou que o acontecimento é fruto de insatisfação de presos por perda de regalias como banho de sol coletivo e apreensão de celulares e drogas no interior das unidades.

“O diretor Delmiro (do Serrotão) apreendeu, só este ano, 20 kg de entorpecentes”, revelou o secretário, acrescentando que “isso frustra os planos de comercialização dentro do presídio”.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas