Início Geral

Sede do PMDB da Paraíba amanhece com pichação pregando morte a Eduardo Cunha

A sede do diretório estadual do PMDB em João Pessoa amanheceu pichada, na manhã desta quarta-feira (20), com frases contra os que votaram a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) no domingo passado (17), na Câmara Federal. Uma das frases prega: “Cunha morto”.  É uma referência ao presidente da Câmara, deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

O presidente estadual do PMDB da Paraíba é o senador José Maranhão, que se encontra em Brasília (DF) e já defendeu a aprovação do processo de impeachment pelo Senado Federal. Toda a bancada paraibana peemedebista votou pelo encaminhamento do pedido de abertura do processo para o Senado Federal. Além de Maranhão, a bancada tem os deputados federais Manoel Júnior, Veneziano Vital do Rêgo e Hugo Motta.

Manoel Júnior chegou a disputar a vaga de ministro da Saúde, sendo preterido em votação da bancada, tendo o deputado federal Marcelo de Castro (PMDB-PI) sendo o escolhido por Dilma. Veneziano teve o irmão e ex-senador Vital do Rêgo indicado por Dilma para o cargo de ministro de Tribunal de Contas da União (TCU). Hugo Motta, aliado de Eduardo Cunha como Manoel Júnior, presidiu a CPI da Petrobras no ano passado.

José Maranhão é o presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal. 

Pichação chama PMDB de fascista e golpista

 

Nas paredes da sede do PMDB da Paraíba também tinham inscrições como “golpistas” e “vai ter luta, fascista”. Em outro lado da parede tinha a pichação “golpista fascista”.

Os deputados estaduais Raniery Paulino, que é o vice-presidente nacional do Conselho de Ética do PMDB, e Olenka Maranhão, ambos do PMDB, falaram ao Portal sobre as pichações. Veja nos vídeos abaixo:

 

 

 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.