Início Geral

Semana Mundial de Aleitamento Materno incentiva doações; veja programação

Com o tema “Amamentar, ninguém pode fazer por você – todos podem fazer junto com você”, o Banco de Leite Humano Anita Cabral, que compõe a rede estadual de saúde, realiza entre os dias 1° e 7 de agosto a 25ª Semana Mundial de Aleitamento Materno (SMAM), considerada um veículo de promoção, proteção e incentivo ao aleitamento materno e que acontece simultaneamente em 120 países. Comente no fim da matéria.

Leia mais Notícias no Portal Correio

A programação especial prevê a realização de palestras e capacitações, por meio da Rede de Bancos de Leite do Estado, além da distribuição de material educativo, com o propósito de incentivar a amamentação e aumentar o número de doações do leite materno.

Na abertura das ações, na terça-feira (1º), será oferecido um café da manhã para as doadoras e mães que amamentam, às 8h, no Banco de Leite Anita Cabral (João Pessoa). Na ocasião, serão distribuídos laços dourados. No mesmo dia, será realizada palestra sobre manejo clínico da lactação para profissionais da atenção básica, na Secretaria Municipal de Saúde de Cuité de Mamanguape, às 13h.

Na quarta-feira (2), às 9h, acontecerá uma capacitação em manejo clínico da lactação para a equipe de saúde do sistema prisional feminino, em João Pessoa e Campina Grande, além de palestras sobre o mesmo assunto na Secretaria Municipal de Saúde de Curral de Cima, às 13h, para profissionais da Atenção Básica e Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF) do município e ainda como parte da programação, às 14h, acontecerá uma palestra sobre os benefícios do sling e a teoria da exerogestação, no auditório da Maternidade Frei Damião, na Capital.

Já na quinta-feira (3), a programação inclui palestras, às 10h, para mães e gestantes do grupo de mães da empresa Coteminas e às 14h, sobre manejo clínico da lactação, na Secretaria Municipal de Saúde de Timbó de Jacaraú, para profissionais da Atenção Básica e NASF do município.

Na sexta (4), às 9h, haverá uma panfletagem relacionada à Semana Mundial de Aleitamento Materno, além de orientações sobre amamentação e doação de leite materno, no Parque Solón de Lucena (Capital). No mesmo horário, acontece na Secretaria Municipal de Saúde de Baía da Traição, uma palestra sobre o manejo clínico da lactação, para profissionais da Atenção Básica e NASF do município.

Já na segunda-feira (7), acontecerão palestras para mães e gestantes da Sala de Apoio a Mulher Trabalhadora que Amamenta, às 10h, na empresa Indaiá e na Secretaria Municipal de Saúde de Mamanguape, às 14h, sobre manejo clínico da lactação, para profissionais da Atenção Básica e NASF do município.

Na terça-feira (8), às 10h, será ministrada uma palestra na Secretaria Municipal de Saúde de Mamanguape, para profissionais da Atenção Básica e NASF do município. Na quarta-feira 9), às 9h, será ofertada uma capacitação da equipe de saúde do sistema prisional feminino em manejo clínico da lactação, nas cidades de Patos e Cajazeiras.

Como parte das atividades, na sexta-feira (18), às 10h, acontecerá uma sessão solene na Assembleia Legislativa da Paraíba, em alusão aos 30 anos do Banco de Leite Humano Anita Cabral.

As ações se estendem até a quarta-feira (23), às 10h, na ocasião será ministrada uma palestra para estudantes de cursos de saúde, a exemplo, de enfermagem, nutrição e fisioterapia, da Faculdade de Ciências Médicas da Paraíba, sobre a importância do aleitamento materno para a saúde da criança.

De acordo com a diretora do banco de leite, Thaise Ribeiro, este ano, o tema trabalha as parcerias, priorizando o fortalecimento da ação conjunta, compreendendo a importância de abordar as quatro áreas temáticas sendo governos, sistemas de saúde, locais de trabalho e comunidade.

“O objetivo do trabalho junto aos governos é para que cumpram sua missão maior, que é defender o direito das mulheres amamentarem seus filhos, com políticas e programas bem estruturados, eficientes e adequadamente financiados e avaliados. Além disso, toda aliança deve envolver a sociedade civil, os movimentos sociais, instituições, ONGs, ativistas, universidades, especialistas que lutam pelos direitos sociais, reprodutivos e humanos”, detalhou Thaise Ribeiro.

Doações– Para ser doadora é só procurar o banco ou posto de coleta de leite humano mais próximo, estar amamentando o filho, estar saudável e ter excesso de produção de leite. O serviço de Rota Domiciliar irá até a residência da doadora e entregará o Kit Doação (frascos de vidro esterilizado, luvas, gorro e máscara). Além disso, a equipe prestará todas as orientações necessárias para o correto armazenamento e ainda comparece semanalmente ao domicílio da mãe para coletar a doação. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: 3215-6047

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.