Moeda: Clima: Marés:
Início Consumidor

Serviço de telefonia lidera ranking de reclamações no Procon de João Pessoa

Queixas mais comuns são cobranças indevidas devido a serviços não autorizados pelo cliente ou, ainda, débitos não procedentes de serviços adicionais não solicitados, como jogos
Procon
Foto: Divulgação/Procon-JP

O número de atendimento de forma virtual através do WhatsApp da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor chega a 8.542 este ano, com o 0800 083 2015 atingindo mais de 3,6 mil ligações. O serviço de telefonia continua a fazer parte do ranking das mais demandadas, com o número de queixas chegando a 783 em 2022, cerca de 13% do total das reclamações abertas no SAC do Procon-JP, que soma quase 5 mil, até o último dia 15 de julho.

Sobre as queixas do consumidor quanto à telefonia, as mais comuns são cobranças indevidas devido a serviços não autorizados pelo cliente ou, ainda, débitos não procedentes de serviços adicionais não solicitados, como jogos, por exemplo.

“São serviços que não fazem parte da funcionalidade básica de pacotes. O consumidor deve ficar atento porque, na maioria das vezes, são valores cobrados de forma indevida. Se o problema não for resolvido no contato com a operadora, o caminho é reclamar no Procon-JP”, alerta o secretário Rougger Guerra.

Além da cobrança indevida/abusiva nas faturas mensais da telefonia, entre as reclamações estão o alto valor das multas rescisórias, descumprimento de contrato, reajuste de preços sem aviso prévio e demora no processo de portabilidade. Todas estas situações são consideradas condutas abusivas pelo Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Consumidor certo

Para Rougger Guerra, os conflitos com esse segmento do consumo são antigos e uma das formas de reduzir os problemas nessa relação é denunciar aos órgãos de defesa do consumidor, no caso de João Pessoa, o Procon-JP.

“Normalmente, após a abertura de processo administrativo e consequente defesa da empresa, as operadoras são penalizadas com multas, isso porque, via de regra, o consumidor está certo em sua reclamação”.

Como reclamar

As reclamações contra a prestação do serviço em telefonia chegam ao Procon-JP através dos vários canais de atendimento, a exemplo do 0800 083 2015 e do WhatsApp (Procon-JP na Sua Mão) e não apenas pelo SAC. “Os serviços básicos usados no dia a dia pelo consumidor são os que apresentam as maiores demandas em todos os nossos canais de assistência ao consumidor, como é também o caso da Energisa, que este ano já soma mais de 350 denúncias”, informa Rougger Guerra.

Atendimentos do Procon-JP

  • Sede: Avenida Pedro I, 473, Tambiá
  • Telefone para orientação e dúvidas: 0800 083 2015
  • WhatsApp: 83 98665-0179 (Procon na Sua Mão)
  • Instagram: @procon_jp

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.