Moeda: Clima: Marés:

Shows de Eliane, Danieze Santiago, Berinho Lima e Mara Pavanelly marcaram a véspera de São João na Capital

Nesses últimos três anos, conforme observou o diretor, a Funjope criou um modelo de fazer festa junina no Parque Solon de Lucena que deu certo
São João Multicultural (Foto: Reprodução)

A véspera de São João, no último domingo (23), teve shows de arrepiar o público. A noite começou com a simpatia do cantor Berinho Lima. Em seguida, subiu ao palco a artista Mara Pavanelly, que levantou a multidão com sua energia. A cantora Danieze Santiago se apresentou na sequência para alegria dos fãs que não arredaram pé do Parque Solon de Lucena para ver também Eliane, a Rainha do Forró, que fechou a noite com todo seu carisma. O São João Multicultural, realizado pela Prefeitura de João Pessoa, através de sua Fundação Cultural (Funjope), segue nesta segunda-feira (24), Dia de São João, a partir das 19h. 
 
“Foi um grande sucesso o nosso São João Multicultural nessa véspera de São João. Conseguimos fazer um evento grandioso, integrando as culturas populares. Na festa, no Parque Solon de Lucena, tivemos uma noite predominantemente de uma proposta musical com três mulheres extremamente fortes atualmente no forró, a Mara Pavanelly, Danieze Santiago e Eliane. Elas comandaram a noite e o público se agigantou mais uma vez. Tudo num clima de tranquilidade, segurança”, declarou o diretor executivo da Funjope, Marcus Alves.
 
Ele destacou que esta ação em 2024 mostra que João Pessoa tem um São João muito forte e uma potencialidade muito grande para as festas juninas. “Nós, a partir do estímulo do prefeito Cícero Lucena, vamos continuar trabalhando por essa política de cultura que valoriza a diversidade das nossas identidades culturais e das artes, e não será diferente no São João”, assegurou.
 
Nesses últimos três anos, conforme observou o diretor, a Funjope criou um modelo de fazer festa junina no Parque Solon de Lucena que deu certo. “A prova são os shows desta noite de domingo, com esse público gigante, e com os cantores e as cantoras se dedicando integralmente ao seu público e à sua música”, acrescentou.
 
Público – A penúltima noite do evento atraiu, mais uma vez, um grande público para o Parque Solon de Lucena.  O vigilante Adriano Gomes de Menezes afirmou que é muito interessante a iniciativa da Prefeitura de João Pessoa porque traz uma festa para a cidade.
 
“João Pessoa tem São João e, com isso, a festa junina na Paraíba não fica polarizada só em Campina Grande e no interior. Além disso, tudo é gratuito. A organização está bem diferente de outros lugares, a questão de segurança, a parceria com o Governo do Estado. Bastante relevante”.
 
Em relação ao consumo, o vigilante observou que, além de ter o comércio vendendo de tudo, o público também pode levar o que quiser. “É uma iniciativa muito bacana, muito boa. Eu vim ano passado e esse ano está melhor ainda. Parabéns”, avaliou.
 
A recepcionista Perla Amorim Gomes disse que a organização está muito boa. “É um evento bom para o comércio local, ajuda muito o pessoal que tem essas barraquinhas. Além de tudo, movimenta o Centro da cidade e isso é muito positivo”, comentou.
 
A estudante Amanda Cristina de Mendonça disse que gostou muito de todos os shows. “Eu acho importantíssimo que a Prefeitura sempre realize eventos como esse, num local acessível como é a Lagoa”. O também estudante Gustavo Ribeiro aprovou. “Acho divertido um evento como esse, movimenta o Centro e isso é fantástico”, disse.
 
Inclusão – O São João Multicultural de João Pessoa tem levado alegria e entretenimento para o público, mas, além disso, tem também um lado inclusivo. A observação foi da gerente comercial Hellen Danúbia Gonçalves de Oliveira.
 
“Achei muito bacana. Sou evangélica e não vim para curtir os shows, mas vejo que o evento é pensado para todos os públicos, para as famílias, para quem tem criança”, comentou.
 
O filho de Hellen, João Miguel, de oito anos, é autista e ela ressaltou que, para ele, foi maravilhoso contar com o parquinho. “É um evento que prioriza também a inclusão. A Prefeitura de João Pessoa está de parabéns. Meu filho tem gratuidade nos brinquedos e isso se torna muito agradável”, avaliou.
 
A gerente destacou ainda que o parque é um estímulo para seu filho, para outras crianças autistas e também para os estudantes que estão de férias nesse período. “Foi muito boa essa ideia. Juntou o útil ao agradável e se tornou muito legal”.
 
Para João Miguel, de 8 anos, o evento está aprovado. “Eu já brinquei um pouquinho. Agora vou na minhoca. Estou gostando muito”, resumiu.
 
Artistas – O cantor Berinho Lima abriu a programação deste domingo, véspera de São João, e comemorou sua participação. “Foi sensacional. Um prazer enorme estar aqui mais um ano no São João de João Pessoa, essa festa maravilhosa. A cada ano, o São João da Capital crescendo. Isso é bom para todo mundo, para o emprego, para o turista, para o artista”.
 
Para ele, tocar exatamente nessa data, foi um presente. “Uma responsabilidade grande. Paraíba é terra do forró também. Vem embora que aqui tem muito São João”, acrescentou.
 
Mara Pavanelly foi a segunda a subir ao palco e levou um show animado, com muita energia. “Estou muito feliz de estar aqui de volta, de verdade. Eu tenho uma paixão imensa por João Pessoa”, resumiu.
 
A cantora Danieze Santiago cantou forró romântico, grandes sucessos e forró das antigas. Com um público fiel em João Pessoa ela agradeceu por isso. “Obrigada pelo carinho e atenção, obrigada por terem vindo aqui. Eu tenho um carinho enorme por João Pessoa, afinal eu sou paraibana, de Uiraúna, e hoje estou cantando na Capital do meu estado. Para mim, é sempre uma honra estar aqui. Estou super feliz e é sempre como se fosse a primeira vez”, afirmou.
 
O público esperou até o final para curtir o show da cantora Eliane, a Rainha do Forró, que fechou a noite com chave de ouro. “É um prazer imenso estar em João Pessoa, uma cidade que eu amo de paixão, esse povo lindo que me recebe com tanto carinho. E eu estou aqui para comemorar com vocês 41 anos de carreira, com uma retrospectiva de várias canções lindas, o show está belíssimo, muita alegria, muita animação e é isso que o povo gosta e precisa”, destacou.
 
Segurança – O São João Multicultural de João Pessoa tem segurança reforçada todas as noites. Em todos os espaços do Parque Solon de Lucena, estão presentes integrantes das forças de segurança, que garantem um evento tranquilo e seguro.
 
Além do patrulhamento a pé, com média de 40 homens por noite, há o policiamento motorizado, Guarda Civil Metropolitana, com cerca de 100 homens, policiamento de trânsito, com média de 50 homens por noite, e policiamento montado, sem contar com a Força Regional da Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros.
 
A equipe do Samu-JP mantém, todas as noites, uma unidade de suporte básico, outra de suporte avançado e duas equipes de motolância durante todo o evento. Ao todo, são, em média, dez profissionais a cada noite.
 
Integração – O São João Multicultural de João Pessoa é uma ação integrada da Prefeitura de João Pessoa e Governo do Estado, envolvendo várias secretarias como a Comunicação (Secom), Infraestrutura (Seinfra), Desenvolvimento Urbano (Sedurb), Saúde (SMS), Meio Ambiente (Semam), Segurança Pública Municipal (Semusb) com a Guarda Municipal, Mobilidade Urbana (Semob), Limpeza Urbana (Emlur), Polícia Militar, Samu, Corpo de Bombeiros.

Este conteúdo é de responsabilidade da Prefeitura de João Pessoa

publicidade
© Copyright 2024. Portal Correio. Todos os direitos reservados.