Início Serviços

Sindicato quer apoio da prefeitura para evitar reajuste na tarifa de ônibus em João Pessoa

Empresas de ônibus enfrentam problemas financeiros desde o início da pandemia, em 2020
Foto: Juliana Santos/Olenildo Nascimento/CMJP/Divulgação

As empresas de ônibus de João Pessoa querem ajuda da prefeitura para que não haja reajuste na tarifa. Nesta quarta-feira (24), o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros (Sintur-JP) tomou como exemplo a capital do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, onde a prefeitura firmou um acordo com as empresas concessionárias para minimizar os prejuízos sofridos pelo setor.

Na última quinta-feira (18), a prefeitura gaúcha confirmou o repasse às concessionárias de R$ 15.992.355,68, que corresponde ao prejuízo estimado entre 1º de fevereiro a 30 de abril. “Esse  acordo possibilitará que o custo da passagem se mantenha em R$ 4,55. O repasse às empresas será realizado em oito parcelas”, disse o Sintur. 

O reajuste tarifário previsto em contrato para acontecer em João Pessoa seria no início deste ano, mas ainda não aconteceu. “O Sintur-JP já se manifestou alegando que um aumento da passagem não seria interessante para ninguém”, afirmou o sindicato.

“O momento está deixando bastante claro que o atual modelo de custeio do sistema de transporte coletivo de passageiros está se comprovando inviável e injusto, o que está exigindo de todos uma discussão clara e serena sobre o assunto”, disse o diretor institucional do Sintur-JP, Isaac Júnior Moreira.

“O transporte público ajuda os outros serviços essenciais a não pararem. Algumas pessoas não podem trabalhar de casa e precisam se deslocar. O transporte coletivo de passageiros é o único meio em que o trabalhador pode percorrer longas distâncias com um custo mais em conta”, afirmou Isaac.

As empresas de ônibus enfrentam problemas financeiros desde o início da pandemia, em 2020, quando começaram a ser impostas restrições de circulação.

Atualmente, a tarifa de ônibus de João Pessoa tem dois valores, sendo R$ 4 para pagamento no cartão Passe Legal (bilhetagem eletrônica) e R$ 4,15 para quem opta por pagamento em dinheiro. Os valores foram definidos em janeiro de 2020.

Palavras Chave

João PessoaServiços
publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.