Início Geral

Sindipetro-PB garante que variação do preço de combustíveis não terá alteração

A Petrobras anunciou na última sexta-feira (30) mudanças na política de reajuste dos preços da gasolina e do diesel comercializados em refinarias de todo o país. As alterações começam a valer nesta segunda-feira (3). De acordo com o órgão, os reajustes podem ser diários. Porém, o Sindicato Comércio Varejista de Derivados de Petróleo da Paraíba (Sindipetro-PB) garantiu que não haverá mudanças nas variações. Comente no fim da matéria.

Leia também: Petrobras reduz preço da gasolina em 5,9% e do diesel em 4,8% nas refinarias

Segundo o assessor do Sindipetro, Ivandro Oliveira, não haverá nenhuma mudança na política de preços, visto que o mercado local é quem estabelece a cotação dos valores. “Não tem nenhuma mudança na política. Os preços são definidos pelo próprio mercado. A política continua inalterada aqui na Paraíba. A tendência é o que vai estabelecer o sobe e desce dos preços”, garantiu Ivandro.

O membro do Sindicato ainda afirmou que a variação dos preços não depende apenas da Petrobras, mas também de outros órgãos. “Não é só o preço da Petrobras que tem que ser levado em consideração. Tem os próprios postos, tem as indústrias de petróleo, todos esses desenvolvem a cadeia do preço. Não muda nada. A política continua normal, sendo ditada pelo mercado”, finalizou o assessor.

Entenda

A revisão da política de preços da estatal foi aprovada nessa quinta-feira (29), pela Diretoria Executiva e comunicada nesta sexta ao mercado pelos diretores de Finanças e Relacionamento com os Investidores, Ivan Monteiro, e de Refino e Gás Natural, Jorge Celestino.

“Com as alterações, a partir de segunda-feira, a área técnica de marketing e comercialização da companhia terá delegação para realizar ajustes nos preços, a qualquer momento, inclusive diariamente, desde que os reajustes acumulados por produto estejam, na média Brasil, dentro de uma faixa determinada (-7% a +7%), respeitando a margem estabelecida pelo Grupo Executivo de Mercado e Preços (Gemp)”, informou a diretoria.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.