STJ pede informa??es a juiz sobre pris?o de executivos

18
COMPARTILHE

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Francisco Falcão, pediu ao juiz Sérgio Moro informações sobre o andamento das investigações da Operação Lava Jato. A manifestação foi solicitada para instruir o julgamento do pedido de liberdade impetrado ontem pelos presidente da Odebrecht, Marcelo Bahia, e da Andrade Gutierrez, Otávio de Azevedo. De acordo com o despacho do ministro, Moro terá cinco dias para prestar as informações. Em seguida, o habeas corpus será encaminhado ao Ministério Público para parecer.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

Marcelo Odebrecht e Azevedo estão presos desde o mês passado na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, em função das investigações da décima quarta fase da Operação Lava Jato. Mais cedo, Moro autorizou a transferência dos executivos para um presídio na região metropolitana de Curitiba.

A defesa de Odebrecht sustenta que a prisão preventiva do executivo não se justifica porque ele não foi acusado por nenhum dos delatores, não ameaçou testemunhas, nem ocultou provas. Os defensores de Azevedo alegam que a prisão é ilegal, porque as possíveis irregularidades devem ser atribuídas às empresas, e não às pessoas físicas.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas