Shoppings

Novas eleições

#SouRepórterCorreio

TV Correio

CBTU
VLT que opera na Grande João Pessoa (Foto: Divulgação/CBTU)

CBTU regional quer impedir retirada de VLT de João Pessoa

No documento, o superintendente afirma que a retirada de uma composição de VLT da Capital pode causar prejuízos aos usuários de João Pessoa.

404
COMPARTILHE

O superintendente regional da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), Paulo Barreto, vai pedir que seja revogada a decisão do Ministério das Cidades em retirar um Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) de João Pessoa para Brasília. A informação foi confirmada por meio de nota enviada pela assessoria de comunicação da CBTU João Pessoa.

Leia também: Com sistema incompleto, João Pessoa perde VLT para Brasília

No documento, o superintendente afirma que a retirada de uma composição de VLT da Capital pode causar prejuízos aos usuários de João Pessoa.

“A retirada temporária de um dos VLTs da operação local pode causar prejuízos à oferta de serviços aos nossos usuários, sobretudo quando da conclusão das obras de construção de três novos desvios ferroviários, o que aumentará a oferta de viagens e a demanda de passageiros. Deste modo, solicitamos do Sr. Diretor-Presidente que fossem realizadas as gestões necessárias junto ao Conselho de Administração da CBTU para que reconsidere a decisão em comento, deliberando, se for o caso, no sentido de ceder VLTs de outras STUs, nas quais o impacto da retirada temporária do material rodante será mais tênue”, diz a nota.

VLT deve ir para Brasília

Após quatro anos de promessa, mas chegada de apenas cinco das oito composições anunciadas, João Pessoa perdeu um dos cinco Veículos Leves sobre Trilhos (VLTs) que estavam disponíveis para circulação da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) na Capital. A composição foi para Brasília, onde será utilizada pela CBTU no sistema de transporte local.

Por meio de nota, a CBTU em João Pessoa informou que a determinação para retirada do VLT de João Pessoa para Brasília foi do Ministério das Cidades.

“A medida, que atende determinação do Ministério das Cidades, potencializa a capacidade de mobilidade e integração modal na região. Durante os primeiros seis meses, o sistema funcionará em caráter experimental, utilizando dois trens. As composições serão transferidas de Natal e João Pessoa, onde a CBTU também responde pela operação ferroviária urbana”, diz a nota.

Frota da CBTU

No mesmo documento, é informado que a CBTU em João Pessoa deve receber, nos próximos meses, outros VLTs para complementação da frota atual.

Questionada pelo Portal Correio sobre quantos VLTs ainda virão para João Pessoa e quando isso ocorrerá a assessoria de comunicação da CBTU informou que o projeto é de que a Capital tenha, no total, oito composições na frota. Porém, não existe prazo para a chegada dos novos VLTs.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas