Início Geral

Suspeito confessa ter matado mulher para roubar gás, TV e celular, em João Pessoa

Foi preso, no fim da manhã desta sexta-feira (30), um catador de material reciclável suspeito de assassinar, no dia 20 deste mês, uma mulher no bairro de Mangabeira, na Zona Sul de João Pessoa. O homem, que é cunhado da vítima, confessou o crime e disse que matou a mulher para roubar um botijão de gás, um celular e uma televisão. Comente no fim da matéria.


Leia também: Paraíba registra quatro casos de mulheres mortas desde o fim de semana


Em entrevista à TV Correio, o suspeito disse que chegou à casa da vítima na manhã do dia 20 e começou a conversas e beber com ela. Depois, por volta das 17h, ele cometeu o crime, estrangulando a mulher e escondendo o corpo dela embaixo de uma cama.


Leia mais Notícias no Portal Correio

Segundo o delegado titular da Delegacia de Homicídios de João Pessoa, Reinaldo Nóbrega, a polícia chegou ao suspeito após análise de câmeras de segurança da rua e de depoimentos de testemunhas.

“[Ele] matou a vítima a sangue frio e de forma covarde. Ele tinha com mandado de prisão e estávamos procurando por ele, que soube que a polícia o procurava, constituiu um advogado e se apresentou na Central, onde recebeu voz de prisão”, contou o delegado.

Ainda segundo o delegado, o suspeito também confessou ter escrito um bilhete se passando pela vítima, no qual ela estaria afirmando ter cometido suicídio, mas a polícia descartou a hipótese após saber que a vítima era analfabeta.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.