Início Geral

Suspeito de atuar em crime na Espanha divide cela com homicidas jurados de morte

O estudante Marvin Henriques Correia, de 18 anos, preso preventivamente por suposto envolvimento no esquartejamento de família paraibana, em Pioz, na Espanha, em setembro deste ano, divide uma cela de seis metros quadrados com outros dois detentos condenados por homicídios e jurados de morte por presos de facções rivais. A informação foi divulgada no programa Cidade Alerta Paraíba, da TV Correio. Veja vídeo abaixo.

Leia também: PF diz que não se pode falar se Marvin sabia de planos de autor de crime na Espanha

Conforme divulgado no programa, Marvin deixou o isolamento e já está no convívio com outros presos. O jovem estudante é tido como uma pessoa tranquila e não há relatos de envolvimento em confusões com outros detentos.

Leia mais Notícias do Portal Correio

A cela de Marvin não tem energia elétrica, ventilador, televisão e a água no espaço dura cerca de 30 minutos. A direção informou que o banho ocorre durante 30 minutos nas segundas, terças e quintas.

Entenda o caso

Marvin foi preso no dia 28 de outubro em casa no bairro Jardim Oceania, na Zona Leste de João Pessoa, pela Polícia Civil da Paraíba, por força de um mandado de prisão preventiva, que foi mantido durante uma audiência de custódia pela juíza Francilúcia Rejane de Souza. Durante entrevista coletiva, a Polícia Civil afirmou que François Patrick Gouveia, que está preso na Espanha e confessou a autoria das mortes, após matar os parentes tirou ‘selfies’ e as mandou para Marvin, em tempo real. Marvin foi preso após ser denunciado por um amigo que viu as fotos e conversas no celular dele.

O advogado de Marvin, Sheyner Asfora, contestou a versão da Polícia Civil paraibana e disse que o cliente não cometeu crime e na há como provar a participação dele no caso. Asfora falou que o jovem errou em não denunciar Patrick. “A prisão dele não tem embasamento jurídico”, disse. A defesa entrou com o pedido de liberdade, mas foi negado. Um novo pedido foi encaminhado para a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba e deverá entrar em pauta nos próximos dias.

Confira vídeo:


Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.