Suspeito é preso por fraudar exame de HIV para golpes contra servidores na PB

0
COMPARTILHE

Um homem de 43 anos foi preso na manhã desta segunda-feira (13) suspeito de integrar quadrilha voltada para contratação de empréstimos consignados em nome de servidores públicos utilizando documentos falsos. De acordo com investigação da Delegacia de Defraudações e Falsificações, o suspeito fraudou um exame de HIV para conseguir benefício social.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Conforme divulgado pelo delegado Lucas Sá, uma das vítimas do suspeito foi um capitão da Polícia Militar, lesado em R$ 40 mil. Além do policial, pelo menos outras três pessoas foram prejudicadas pelo esquema criminoso, totalizando R$ 200 mil. Ele vinha sendo investigado há seis meses.

O suspeito já havia sido preso em agosto de 2012, com mais duas pessoas, praticando a mesma conduta criminosa. Ao ser preso nesta segunda-feira, ele portava uma cédula de identidade falsa e cartão bancário, um contrato de aluguel, um cartão de uma loja de departamentos, cartões bancários de terceiros e um exame que atesta que é soropositivo. No entanto, o laudo é falso e era utilizado pelo suspeito para conseguir a concessão de benefício social.

O suspeito responderá por uso de documento falso, falsidade ideológica, estelionato e associação criminosa, podendo ser condenado a até 19 anos de reclusão. 

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas