|
terça, 15 janeiro 2019
- Advertisement -
- Advertisement -
Início Tags Decisão

Bolsonaro diz que Brasil jamais se recusará a ajudar imigrantes

Após confirmar nesta quarta-feira (9) a revogação da adesão do Brasil ao Pacto Global para Migração Segura, Ordenada e Regular, o presidente Jair Bolsonaro disse que o país não fechará...

PM exclui cabo suspeito de tentativa de homicídio e tortura

O Comando-Geral da Polícia Militar da Paraíba excluiu um cabo de seus quadros. A decisão foi divulgada na edição desse sábado (5) do Diário Oficial do Estado,...

Câmaras da Grande JP exoneram comissionados

As Câmaras Municipais das cidades de João Pessoa e Caaporã, ambas na Região Metropolitana da Capital, exoneraram todos os cargos comissionados. As medidas foram publicadas por meio...

Toffoli derruba decisão de Marco Aurélio que poderia soltar Lula

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), o ministro Dias Tofolli derrubou nesta quarta-feira (19) a liminar que suspendia todas as prisões em que ainda não tivesse ocorrido...

STJ determina retorno imediato de Berg à prefeitura de Bayeux

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu, nesta quinta-feira (13), que Berg Lima deve voltar imediatamente à prefeitura do município de Bayeux, na Grande João Pessoa. De...

TCE impõe débito de R$ 2,8 milhões a organização contratada pelo Governo

O Tribunal de Contas da Paraíba (TCE-PB) imputou um débito conjunto de R$ 2.822.668,90 a Secretaria Estadual de Saúde e a organização social Instituto de Psicologia Clínica,...

TCE mantém suspensão de licitação para contratar show pirotécnico em JP

A 2ª Câmara do Tribunal de Contas da Paraíba determinou, nesta terça-feira (4), que a Fundação Cultural de João Pessoa mantenha suspenso, “na fase em que se...

Justiça decide por prisão preventiva para suspeitos de fraudes em licitações

Após análise dos elementos de prova colhidos com a deflagração da Operação Recidiva, no último dia 22 de novembro, a Justiça Federal converteu as prisões temporárias de...

Final entre River Plate e Boca Juniors não será na Argentina

A Conmebol definiu nesta terça-feira (27) que o segundo jogo da final da Libertadores entre River Plate e Boca Juniors vai acontecer no próximo dia 8 ou...
Mais artigos sobre

Decisão

- Advertisement -

Notícias mais lidas

Suspeitovideo

Ator teria sido morto por causa de celular; polícia divulga vídeo

Um homem de 29 anos foi preso no fim da tarde desta quarta-feira (9) suspeito de matar o ator e professor de teatro Simão Almeida da Cunha, de 28 anos, na madrugada de domingo (6), no Centro de João Pessoa. As informações são da Polícia Militar à TV Correio. Imagens do crime foram divulgadas no início da noite. Confira no vídeo abaixo: https://www.youtube.com/watch?v=QgV_g6a8gkw Conforme a PM, o suspeito foi identificado por meio de imagens de câmeras de segurança instaladas na região do crime e teria dito em depoimento que matou o ator porque ele se negou a dar o celular em um assalto. Ele já havia sido preso nessa semana por causa desse assassinato, mas foi liberado porque a Polícia Civil não tinha provas suficientes. O suspeito foi levado para a Central de Polícia no Geisel, na Zona Sul de João Pessoa. Segundo a PM, ele seria usuário de drogas e já teria sido preso por outros crimes. [caption id="attachment_129250" align="alignnone" width="720"] Suspeito do crime foi detido (Foto: Divulgação/PM)[/caption]

O caso

O ator e professor de teatro Simão Almeida Cunha foi assassinado a facadas na madrugada de domingo (6), ao sair de um bar no Centro Histórico de João Pessoa. Natural de Campina Grande, ele estava de férias na Capital. A polícia deu início às investigações e trabalhava com a hipótese de latrocínio, que é o roubo seguido de morte. *Matéria atualizada às 21h15 para inclusão de vídeo e foto.
Gasolinavideo

Preço da gasolina pode ser achado abaixo dos R$ 4 na PB

O preço da gasolina já pode ser encontrado abaixo dos R$ 4 na cidade de Patos, no Sertão do Estado. A informação é da TV Correio. De acordo com o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo no Estado da Paraíba (Sindpetro), Omar Hadad, a justificativa é devido ao mercado. https://www.youtube.com/watch?v=WfK3VyrG0NI Ele explicou que não tem como prever se o valor irá continuar em queda ou se irá ser praticado em outras localidades. Segundo Omar, o mercado é quem dita o preço do combustível e que pode ser alterado a qualquer momento. Internautas afirmaram também que em outros municípios, como Campina Grande, o valor também está abaixo da casa dos R$ 4, mas Omar não confirmou.

Petrobras reduz preço nas refinarias

A Petrobras anunciou, nessa terça-feira (8), uma redução de 1,38% no preço da gasolina vendida em suas refinarias. O litro do combustível passará a ser comercializado a R$ 1,4337 a partir desta quarta-feira (9), dois centavos a menos do que o preço praticado atualmente (R$ 1,4537).
Aposentadoriavideo

Entenda como funciona o novo cálculo da aposentadoria

O cálculo da aposentadoria por tempo de contribuição mudou, quando a regra implementada por lei em 2015 foi sancionada no último dia de 2018. A regra exige um ano a mais para homens e mulheres se aposentarem. A atual fórmula, conhecida como 85/95, vai aumentar um ponto e se tornar 86/96. Entenda como vai funcionar no vídeo acima.
Catolé do Rocha, IFPB, Suspeitovideo

Suspeito de matar cadela a facadas se apresenta e alega esquizofrenia

Se apresentou à Polícia Civil o homem suspeito de assassinar uma cadela de estimação a facadas, em crime que aconteceu no domingo (6), no município de Catolé do Rocha, Sertão paraibano, a 414 quilômetros de João Pessoa. O homem alegou sofrer de esquizofrenia. Leia também: Motociclista morre após acidente em trecho da BR-230 O suspeito, que alegou sofrer de esquizofrenia, justificou o ataque ao animal porque a cadela o teria mordido no rosto. “O advogado alegou que o suspeito sofre de esquizofrenia e que esfaqueou a cadela após ter sido mordido no rosto. Mesmo ele alegando a esquizofrenia, esperamos terminar o procedimento policial e vamos encaminhá-lo até o fórum, onde o magistrado ou magistrada a vai resolver a questão da punição”, disse o delegado Sylvio Rabello.
- Advertisement -