|
Quarta-feira, 06 fevereiro 2019
- Advertisement -
- Advertisement -
Início Tags DFTRANS

Mais artigos sobre

DFTRANS

- Advertisement -

Notícias mais lidas

Baía da Traiçãovideo

Baía da Traição é destino certo para ‘turismo étnico’; entenda

Turismo étnico: É isso que você vai encontrar se escolher a Baía da Traição como destino. A cidade fica no Litoral Norte da Paraíba, a 92 km de João Pessoa. Além do mar e das piscinas naturais, o local ainda preserva a tradição indígena. Assista à reportagem completa.
Emprego, Contratação, Empresasvideo

Empresas analisam redes sociais na hora de contratar

A internet pode ser uma ótima ferramenta para procurar emprego. Porém, alguns candidatos se esquecem dos perigos das redes sociais e que tudo o que se publica online fica registrado e pode ser observado por recrutadores. Assista ao vídeo acima e veja como tomar cuidados para não diminuir as chances de contratação.
Aesa

Aesa garante que barragens da Paraíba estão seguras

O presidente da Agência Executiva de Gestão das Águas no estado da Paraíba (Aesa), Porfírio Loureiro, garante que não há riscos de rompimento de barragens na Paraíba. Em entrevista à Rádio 98 FM, nesta quarta-feira (30), ele relembra que a Paraíba "é o único estado que tem um programa de recuperação de barragens permanente com recursos próprios". Ele diz que, das 462 barragens cadastradas, 45 já foram recuperadas. Segundo Porfírio, 54 barragens no Brasil correm risco de ruptura. Dessas, 45 estão no Nordeste, mas nenhuma na Paraíba. "A Paraíba está fora dessa preocupação que assola a população através do desastre de brumadinho", garante. Apesar de não correr nenhum risco, Porfírio diz que as barragens particulares ainda preocupam um pouco, pois, segundo a Politica Nacional de Segurança de Barragem, algumas não precisam de fiscalização. Mas ele assegura que, mesmo diante disso, que a Aesa notifica e regulariza todas as represas. A afirmação sobre segurança das barragens vai de encontro ao que divulgou a Agência Nacional das Águas (ANA), em novembro de 2018, afirmando que cerca de 400 na Paraíba estão sob risco.

Transposição

Na entrevista, o presidente da Aesa diz que vasão da água da transposição do Rio São Francisco ainda é baixa. "Nós pegamos a água de Monteiro, levamos para Boqueirão em 48 dias e mesmo com essa vasão pequena, já andamos 85 km", conta. Ele explica que nesta quarta (30), houve uma diminuição de 8,68 metros cúbicos por segundo na vazão. "Nós não tivemos nenhuma notificação do Ministério da Integração sobre essa diminuição, então a gente vai esperar mais um pouco, pois possa ser que tenham desligado alguma coisa. Vamos aguardar até 24h pra ver se volta ao normal", esclarece. Sobre a previsão de chegada da água em Boqueirão, Porfírio diz que, se essa vazão voltar ao normal, a água chegará em 11 dias.

Furto

O presidente diz que não há possibilidade de furto ao longo do canal da transposição. "Na hora que tem alguma coisa irregular, os próprios usuários nos notificam", diz. Ele ainda explica que para fazer alguma denúncia, basta acessar o portal oficial da Aesa, e fazê-la de forma anônima.

TV

Porfírio também foi entrevistado do Correio Debate da TV Correio; assista abaixo. https://www.youtube.com/watch?v=vNZNW_FiWv4
Maiavideo

Maia é reeleito presidente da Câmara dos Deputados

Pela terceira vez consecutiva, o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) vai ocupar a Presidência da Câmara dos Deputados. Ele foi eleito em 1º turno para o biênio 2019-2020, com 334 votos. Rodrigo Maia derrotou outros seis candidatos que concorreram como avulsos: Fábio Ramalho (MDB-MG), JHC (PSB-AL), General Peternelli (PSL-SP), Ricardo Barros (PP-PR), Marcel Van Hattem (Novo-RS) e Marcelo Freixo (Psol-RJ). Maia foi candidato oficial do bloco PSL, PP, PSD, MDB, PR, PRB, DEM, PSDB, PTB, PSC e PMN. Confira vídeos da eleição de Maia feitos pelo jornalista Edinho Magalhães, correspondente do Sistema Correio de Comunicação em Brasília: [video width="848" height="480" mp4="https://portalcorreio.com.br/wp-content/uploads/2019/02/VID-20190201-WA0058.mp4"][/video] [video width="848" height="480" mp4="https://portalcorreio.com.br/wp-content/uploads/2019/02/VID-20190201-WA0059.mp4"][/video]

Perfil

Atualmente no sexto mandato como deputado federal, Maia já foi líder do partido; ocupou cargos em comissões, como a presidência da Comissão Especial da Desvinculação de Receitas da União (DRU); e foi relator de diversos projetos na Casa, como o da proposta da reforma política em 2015. Nascido em 1970, ele já foi secretário de governo na prefeitura do Rio de Janeiro. A primeira vez que ocupou o cargo de presidente da Câmara foi em 2016, quando foi eleito para um “mandato tampão” de seis meses, em substituição ao ex-deputado Eduardo Cunha, que havia sido eleito para o biênio 2015-2016. Cunha foi afastado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), renunciou ao cargo e depois foi cassado pela Câmara. Em fevereiro de 2017, Maia se elegeu para um mandato de dois anos. Rodrigo Maia assumiu a presidência da Câmara e discursou acompanhado da família e de apoiadores. Veja fotos: Fotos: Lincoln Iff
- Advertisement -