Moeda: Clima: Marés:
Início Tempo

Tambauzinho, Manaíra e Centro têm maior volume de chuvas em João Pessoa

Segundo o diretor de Minimização de Desastres da Defesa Civil, Antônio Esteves, não houve registro de ocorrência até o momento
Chuvas, João Pessoa
Chuva no Centro de João Pessoa (Foto: Divulgação/Semob-JP)

A Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec/JP) informou nesta quarta-feira (22) que não foram registradas ocorrências graves com as chuvas em João Pessoa em 24 horas.

Até as 16h desta quarta, maior acumulado foi registrado no bairro de Tambauzinho, com 85,2 milímetros (mm), seguido de Manaíra, com 81,8 mm. Já o local com menor índice foi o Grotão, com 46,2 mm. Os dados são do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden). Um milímetro de chuva equivale a 1 litro de água por metro quadrado.

Segundo o diretor de Minimização de Desastres da Defesa Civil, Antônio Esteves, não houve registro de ocorrência até o momento.

“Continuamos em alerta independente de registro de incidentes. Solicitamos que os moradores de áreas de risco, com tendência de inundação, em caso de elevação do nível de água, busquem algum lugar seguro e entrem em contato conosco. O mesmo se aplica para moradores de encostas, que em caso de deslizamento ou constatação de movimentação de solo, busquem um local seguro e acionem a Defesa Civil”, disse.

Em caso de ocorrência, a população deve acionar a Defesa Civil pelos números 0800-285-9020 ou 98831-6885 (WhatsApp). O serviço funciona 24 horas. “A Compdec/JP está presente em todas as ações de proteção e assistência às comunidades, especialmente nos períodos de maior intensidade de chuvas”, disse o órgão.

Precipitação nas últimas 24 horas (até 16h da quarta-feira)

  • Tambauzinho: 85,2 mm
  • Manaíra: 81,8 mm
  • Centro: 79,4 mm
  • Altiplano: 67,6 mm
  • Cristo: 52,4 mm
  • Cuiá: 47,2 mm
  • Grotão: 46,2 mm

Palavras Chave

João PessoaTempo

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.