Início Geral

Taylor Swift doa US$ 250 mil para Kesha e ? alfinetada por Demi Lovato

Muitas artistas saíram em defesa de Kesha após ela perder o processo que movia contra Dr. Luke. Taylor Swift, inclusive, fez uma doação bem generosa para a cantora, que está presa a seu contrato com o produtor até 2017.

Leia mais notícias de Entretenimento no Portal Correio

— Em uma maneira para mostrar seu apoio, Taylor Swift doou US$ 250 mil (mais de R$ 1 milhão) para Kesha para ajudá-la com qualquer necessidade financeira neste tempo difícil — afirmou o representante de Taylor ao site JustJared.

A mãe de Kesha agradeceu a ajuda de Swift no Twitter.

— Taylor Swift acabou de generosamente doar US$ 250 mil para Kesha, como uma maneira de mostrar apoio neste momento difícil. MARAVILHOSO! Não se mede uma pessoa rica pelo que ela tem, mas por quem eles ajudam com isso. E Taylor Swift é verdadeiramente uma pessoa rica. Obrigada.

Demi Lovato também tentou ajudar Kesha da sua maneira, ao falar sobre feminismo no Twitter.

— “#LibertemKesha Isso apenas vai tornar você mais forte, garota linda e corajosa. Que as minhas orações estejam com você @KeshaRose. Por que alguém iria se sentir corajosa o suficiente para abrir o jogo se a tendência é ser ignorada ou ser chamada de mentirosa? Estou pronta para as que se autoproclamam feministas que começarem a falar ou que ajam pelos direitos das mulheres. O poder feminino consiste em agir agora, não quando for conveniente. O poder feminino está em usar a voz para ajudar mulheres sem voz para que sejam escutadas. O poder das mulheres está em outras mulheres que fazem mudanças reais em nossa sociedade.

Os tuítes de Demi foram vistos como uma indireta a Taylor Swift e virou um dos assuntos mais comentados do Twitter. No Instagram, o perfil @proudofSiwft, criticou Lovato, que se defendeu nos comentários.

— Não há rivalidade. Eu apenas dou  mais atenção do que outras pessoas e prefiro começar um diálogo sobre mulheres denunciando os abusos do que jogar dinheiro nessa pessoa. Não critiquei a Taylor. Se você leva para esse lado, então, tudo bem. Estou apenas cansada de ver mulheres usando “empoderamento feminino” e “feminimo” para crescerem suas marcas sem realmente ter as conversas desconfortáveis. Sou criticada e não ligo porque alguém tem que ser a pessoa a recebê-las. Pelo menos, estou sujando as minhas mãos.

Outros apoios

Lady Gaga, Lorde, Ariana Grande, Kelly Clarkson e Sara Bairelles foram algumas das cantoras que saíram em defesa de Kesha após a audiência da última sexta-feira (19).

Kesha entrou na Justiça com um pedido para se desvincular de seu contrato com Dr. Luke e a gravadora Sony, mas acabou perdendo a audiência na Suprema Corte de Nova York, por um juiz que determinou “não razoável” desfazer um contrato tão negociado.

A cantora acusa o produtor de abusá-la sexualmente, fisicamente e mentalmente ao longo dos anos.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.