Início Geral

Todos contra um, não!!!

“Não cobre que a juventude desse período defenda Lula e/ou o PT. Podemos até seguir [email protected] na luta para que seja acelerada também a apuração das denúncias que envolvem a tucanada, para que [email protected] sejam [email protected] e punidos igualmente, mas querer usar da mesma tática da direita, de limitar o debate a polarização Governistas x Tucano, NÃO! O PT, o Governo Dilma e o Lula, são indefensáveis, assim como é Aécio, FHC e o PSDB. A corrupção de um, não justifica a corrupção do outro; os ataques aos direitos ou ao patrimônio público praticado por um, não justifica os ataques realizados pelo outro. Análise essa que não pode nos calar diante do fato diferenciado como a Justiça e a grande mídia vem tratando seletivamente os casos de corrupção”. Esses são trechos de uma análise feita por Tárcio Teixeira, atual presidente do Psol, e cujo discurso é um dos mais coerentes que ouvi e li sobre esse imbróglio relacionado ao suposto/provável/em andamento impeachment da presidente Dilma Rousseff. Todos, incluindo a mim, temos parcela de culpa nesse redemoinho que se encontra o País. O fato é que demoramos a enxergar o que já estava a nossa frente. Mas, como diria o dito popular: “o pior cego é aquele que não quer ver”. Ou, como costumava escutar nos meus tempos de estudante universitária: “desculpa de cego é feira ruim”. Desculpa porque votou em um e não no outro, porque fulano prometeu e não cumpriu, porque já está prometendo e nós sabemos que não vai cumprir. Em sumo: a culpa sempre é do outro. Vamos mudar, conscientemente, por favor!!!

Previsão

Previsão do jornalista Heraldo Nóbrega, que substituiu a bola de cristal pela experência: ao se transferir do PMDB para o PSB, o deputado Gervásio Maia Filho se transformou em nome de peso para tentar substituir o governador Ricardo Coutinho, com quem tem afinação, nas eleições estaduais de 2018.

Fora do mapa 1

O deputado Tovar Correia Lima, um dos destaques dessa Legislatura, disse que Campina Grande não existe no mapa para o governador Ricardo Coutinho. Cada um que puxe a brasa para sua sardinha.

Fora do mapa 2

Dizem por aí que Cássio Cunha Lima, quando entrou partiu para ajudar Rômulo Gouveia, na candidatura à PMCG, teria sido ‘punido’ pelo mesmo motivo.

Resposta 1

Campineses são eleitores que “pegam na palavra”. Havia o buxixo de que Cássio quando governador também teria ‘esquecido’ de Campina. A resposta veio com a eleição e reeleição de Veneziano.

Resposta 2

E olhe que Cássio Cunha Lima e a militância do PSDB foram às ruas nas eleições municipais de 2004 e de 2008, mas parece que não sensibilizaram os eleitores.

Semana acadêmica

A deputada Estela Bezerra confirmou participação na Semana de Arquitetura e Urbanismo do Iesp, de 11 a 15 de abril, para debater o Estatuto e as Regiões Metropolitanas da Paraíba. Estela foi coordenadora de Políticas para as Mulheres (PMJP) onde ainda ocupou as pastas de Transparência e Planejamento.

Batalha

Uma batalha judicial entre escritórios de advocacia da PB e PE. É o que se prevê na causa sobre a posse de megaempreendimento pessoense. Até o nome de um magistrado é censurado.

FPM suspenso

O FPM está suspenso em 1.019 Municípios. A medida é a penalidade pelo não cadastramento e homologação dos gastos com a Saúde, nos últimos dois meses de 2015.

Quem fala…

Quem fala o que quer, ouve o que não quer. o prefeito da Capital, Luciano Cartaxo, provocou e Ricardo Coutinho respondeu: “Ele [Cartaxo] não sabe fazer acordo”.

…ouve

“Se tem alguém que já fez muitas alianças na Paraíba foi Ricardo Coutinho, de A a Z”, essa teria sido a frase de Cartaxo que fez Ricardo disparar a metralhadora.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.