Início Entretenimento

Toroh Festival é neste domingo em JP; veja programação

Em seu terceiro ano consecutivo, o Toroh Festival abre espaço mais uma vez em meio aos festejos juninos para os amantes da música alternativa e da diversidade cultural. Psicodelia, Rock, Rap, Trip Hop, Cultura Popular e Música Eletrônica são alguns dos estilos presentes nas músicas dos artistas que se apresentam nesta edição: a capixaba My Magical Glowing Lens e as paraibanas Sinta A Liga Crew, Vieira, Rieg, FurmigaDub e Bicho-grilo.

As apresentações acontecem no Centro Cultural Espaço Mundo, localizado no Centro Histórico de João Pessoa, com abertura das portas às 17h e ingressos gratuitos por ordem de chegada, limitados à capacidade da casa.

My Magical Glowin Lens

Banda é o projeto da multi-instrumentista e produtora musical capixaba Gabriela Deptulski. Nele, ela experimenta música a partir de sons analógicos e eletrônicos, compondo arranjos de sintetizadores, guitarras, baixo, bateria, percussões e beats. Os sons contrastam e harmonizam entre si, formando ambientes sonoros de inspirações oníricas, utilizando elementos que ora seguem pro progressivo, ora encaminham-se para um pop-lisérgico. Seu primeiro álbum intitulado ‘Cosmos’ (2017), foi eleito entre os melhores do ano pela Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA), destacado entre os melhores lançamentos nacionais revista Rolling Stone Brasil, assim como inúmeras listas de melhores álbuns do ano. O projeto estreou em 2013, quando Gabriela lançou por conta própria um EP tocado, gravado e mixado por ela mesma.

Sinta A Liga Crew

Surgida inicialmente como um coletivo feminista para promover o protagonismo das mulheres paraibanas no hip hop, logo a Sinta A Liga Crew assumiu os palcos com composições autorais, reunindo produções individuais e coletivas que celebram o poder feminino, a liberdade e a sororidade. Músicas dançantes que reúnem estilos como rap, dancehall, reggae, reggaeton e ainda pitadas de música brasileira. O grupo estreiou em 2016 com o single Quem Diss, lançando em sequência os EPs Campo Minado (2017) e L4mb3 (2018). Participaram de importantes espaços como o programa Manos&Minas (TV Cultura), o Festival Abril Pro Rock (PE), a Semana Internacional de Música (SIM SP) e a Feira da Música (CE), além de estarem escaladas para o Festival Bananada (GO) 2019.

Vieira

Vieira estreou com o EP ‘Comercial Sul’ em 2015 e logo chamou atenção do público, da mídia e de produtores, colecionando aparições importantes em festivais como Dosol (RN), Guaiamum Treloso (PE) e Semana Internacional de Música (SIM SP), além dos paraibanos Grito Rock, Mundo e Hacienda. O álbum ‘Parahyba Vive’ foi gravado em agosto de 2017 no Red Bull Studios em São Paulo após o grupo ganhar o concurso Red Bull Break Time Sessions entre centenas de bandas de todo o Brasil e lançado em 2018.

FurmigaDub

FurmigaDub é o encontro da cultura popular nordestina com a música eletrônica contemporânea. Desde 2011, Furmiga vem usando seu conhecimento musical para estabelecer uma ponte entre os ritmos que cresceu ouvindo, como ciranda, caboclinho e baião, e as batidas da cada vez mais efervescente bass music. No projeto FurmigaDub e Seu Bando, Fabiano Formiga apresenta ao público alguns dos nomes que foram importantes na sua trajetória, entre eles Anita Garyballdi, Alex Madureira, Caiana dos Crioulos e Marinho. Neste domingo (23) o show de FurmigaDub marca o lançamento do seu novo disco Mestres da Paraíba nas principais plataformas digitais de música, realizado através do programa Rumos Itaú Cultural 2017-2018 e contempla ainda um site e 4 mini-documentários com cada um desses mestres.

Rieg

A banda foi formada em 2010 em João Pessoa, entre dias de sol ardente pelo norte-americano e alemão Rieg Rodig (voz/sampler/synth) e os brasileiros Daniel Jesi (baixo/sampler) e Nildo Gonzalez (bateria/sampler). O grupo já se apresentou em importantes festivais brasileiros e sua discografia conta com 5 EPs e 1 álbum conceitual, que trazem sonoridades, conceitos e visual retrofuturistas calcados no trip-hop e no pop experimental, apostando numa vibe oitentista das TVs analógicas e todo o clima lo-fi que abraça essa linguagem. A Rieg lançou em 2018 o enigmático álbum audiovisual “12:00” com exclusividade pela Rolling Stone Brasil. Em 2019 o grupo lançou seu primeiro EP de Remixes ‘Once Again, Vol.1’.

Bicho-grilo

O projeto Bicho-grilo foi criado em 2016 por Pedro Francisco (Guitarra e voz), em 2017 lançou de forma digital os álbuns Asteroid2 e Bicho-grilo, que levou a se apresentar em importantes espaços da cultura paraibana como o Red Bull Breaktime Sessions e o festival Hacienda. Influenciada pela música brasileira e pelo jazz, a Bicho-grilo faz música sem definições de estilo. Ao vivo, a banda apresenta músicas dos dois álbuns e mais algumas inéditas e é formada também por Lucas Wanderley (Flauta e vocais), Ronaldo Neto (Percussão), Augusto Siqueira (Baixo Elétrico), Ivo Limeira (Guitarra e vocais) e Lucas Marinho (Bateria).

Sobre o Festival

O Toroh Festival é uma realização da agência, produtora e aceleradora paraibana TOROH Música&Cultura e tem apoio do Centro Cultural Espaço Mundo, Movimento Varadouro Cultural e Governo do Estado da Paraíba através da Funesc.

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.