Início Geral

Trauma de JP encerra campanha de queimaduras com redução de 13% nos atendimentos

O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, encerrou, nesta terça-feira (4), a XV Campanha de Prevenção às Queimaduras “Marcas que Ficam Para Sempre 2017”, com 95 atendimentos, uma redução de 13% com relação ao ano passado (109 pacientes), comprovando que os números estão decrescendo cada vez mais. Comente no fim da matéria.

Leia também: Diminui número de acidentados no Trauma-CG por causa de queimaduras

Desse total, 24 pessoas foram atendidas com ferimentos causados por fogo e fogos de artifícios, sendo quase metade dos atendimentos crianças na faixa etária de 0 a 14 anos. Do total atendido no ano passado, 17 foram vítimas de fogo e fogos de artifícios. No primeiro semestre deste ano, foram atendidas 587 vítimas de queimaduras na unidade de saúde.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Para o coordenador da Unidade de Tratamento de Queimados (UTQ), Saulo Montenegro, há motivos para comemorar. “Este ano, a redução foi significativa, mas o desafio é grande. Houve um pequeno aumento com relação aos números de crianças vítimas de fogos e o alerta é para que os pais entendam que lugar de criança não é perto de fogo ou cozinha”, frisou.


UTQ
– A Unidade de Tratamento de Queimados do Hospital Estadual de Trauma atende os casos mais complexos e graves de queimaduras. Já tratou e recuperou pacientes com áreas corporais queimadas de até 80%. A UTQ se se destaca no Nordeste e no Estado pela alta complexidade no tratamento às vítimas de queimaduras, concedida ao serviço de cirurgia plástica da unidade pelo Ministério da Saúde.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.