TRE-PB julga improcedentes ações contra Cássio Cunha Lima e Ricardo Coutinho

143
COMPARTILHE

O juiz Breno Wanderley, do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) julgou improcedente, na tarde desta quinta-feira (16), as duas ações do Ministério Público Eleitoral (MPE-PB) contra o governador Ricardo Coutinho (PSB) e contra o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), ambas por práticas de conduta vedada nas eleições de 2016.


Leia mais notícias de Política no Portal Correio

Segundo a assessoria de imprensa do TRE-PB, a ação contra o governador alegava que um chefe da Gerência de Ensino em Princesa Isabel teria prestadores de serviço a votarem em Ricardo Coutinho nas eleições de 2014.

Já contra Cássio Cunha Lima, a ação alegava que o senador teria sido beneficiado de uma pretensa reunião de uma servidora pública em Mamanguape e que, em virtude disso, haveria desequilíbrio do pleito.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

 

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas