Início Geral

Triste, Felip?o defende gera??o e cita Copa do Mundo de 2018

O técnico Luiz Felipe Scolari franziu a sobrancelha ao ser questionado se os jogadores da Seleção Brasileira ficariam marcados pelo histórico fracasso na Copa do Mundo de 2014. Ele defendeu o grupo, lembrando que boa parte dele é novo e estará no próximo Mundial, na Rússia.

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio

“Essa geração vai ficar marcada como a que começou os trabalhos para 2018 com a classificação entre os quatro melhores. Eles não terão problemas para assimilar. O que a CBF deve fazer é continuar trabalhando e dando condição aos técnicos. Os atletas mais jovens aprenderam lições para que possam ser melhores no futuro”, afirmou.

Até o fracasso na Copa, Felipão jamais disse estar em um projeto para o próximo ciclo da Seleção. Pelo contrário, assegurou diversas vezes que a formação verde-amarela conquistaria o hexacampeonato neste ano. Segundo ele, o discurso positivo era necessário.

“O que digo ao torcedor é que qualquer líder, qualquer pessoa que comanda um grupo ou nação, se não passa otimismo ao seu grupo, não tem o que fazer. Se eu começasse a Copa dizendo que terminar entre os oito seria uma maravilha, seria horrível. Temos que colocar otimismo. Se vai conseguir ou não, depois devemos trabalhar para isso.”

A última etapa ficou longe de ser atingida. Alcançada a semifinal com um futebol pouco convincente, o time levou dez gols em suas duas últimas partidas e terminou seu segundo Mundial em casa vaiado, com a quarta colocação. “O sentimento é de tristeza”, resumiu Felipão.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.