Início Geral

Tr?nsito ? interditado em parte da barreira do Cabo Branco para amenizar desgastes, em JP

A Prefeitura Municipal de João Pessoa deu início nesta terça-feira (4) ao trabalho de interdição do tráfego de veículos na área próxima ao mirante existente na Barreira do Cabo Branco.

Leia mais Notícias no Portal Correio

A ação emergencial integra um projeto mais amplo, que prevê intervenções tanto na área continental quanto na marinha para amenizar os riscos de desmoronamentos na falésia, considerada o ponto mais oriental das Américas. Um decreto de situação de emergência, editado há dois meses, já apontava a necessidade de uma intervenção na área.

Nesse primeiro momento, fica interditado o trânsito no sentido bairro-Centro da via que fica entre a rotatória da Estação Cabo Branco e a parte superior da ladeira que dá acesso à Praça de Iemanjá. Numa etapa posterior, o tráfego na outra faixa também será interditado e o trânsito no local será feito apenas através das ruas Zita Maria Carneiro Cabral e Luzinete Formiga de Luna, esta última ligando à rotatória da Estação Cabo Branco.

O projeto prevê ainda a recomposição de barreiras entre os corais, no mar, para evitar que as correntes marinhas, principalmente em período de ressaca, acelerem a degradação da falésia. O trabalho também inclui intervenções para garantir maior eficiência na drenagem na parte superior da barreira.

A ação foi explicada às 9h desta quarta-feira (5) durante entrevista coletiva no auditório da Secretaria da Receita, no Centro Administrativo Municipal. A mesa foi composta por representantes das secretarias de Planejamento, Infraestrutura, Mobilidade Urbana e da empresa responsável pelos estudos.

Um pedido de interdição e bloqueio do trânsito do local havia sido protocolado pelo vereador de João Pessoa Raoni Mendes (PDT) na última sexta-feira (31). A solicitação foi encaminhada ao Ministério Público do Estado. Ele também pediu que uma audiência pública para tratar do assunto fosse realizada com urgência.

O trecho da barreira do Cabo Branco é conhecido por apresentar risco de desmoronamento, trazendo perigo aos pedestres e motoristas que passam por lá diariamente. Todos os anos, nos períodos de chuva, a ameaça aumenta. 

As discussões em torno de propostas para a contenção da erosão na barreira do Cabo Branco existem há mais de 14 anos, porém, sem um um projeto executivo para o início das obras.

Assista à matéria exibida na TV Correio HD.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.