Início Geral

UEPB volta atrás, mantém entrada de alunos pelo Sisu 2017.1 e vai ampliar vagas

O reitor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), professor Rangel Junior, garantiu nessa quarta-feira (5), que a entrada dos alunos aprovados no Sistema de Seleção Unificada (SiSU) 2017.1 está mantida para o dia 29 de maio e anunciou que as vagas para ingresso na instituição serão ampliadas para o período, ultrapassando as 3.318 ofertadas pelo processo seletivo. Nesta quinta, servidores da instituição fazem nova assembleia para discutir sobre a crise na UEPB e possibilidade de greve.

Leia também: * 
UEPB recebe R$ 5 mi a menos de duodécimo e pede regularização para evitar mais cortes

* Crise financeira na UEPB é debatida em audiência na Câmara de CG 

“O remanejamento da entrada dos estudantes para outubro daria uma certa ‘folga’ para as questões financeiras da Universidade, mas chegamos à conclusão de que esta medida é um prejuízo social enorme, que o povo da Paraíba não merece receber e pagar o preço por um problema que não foi criado por ele. Portanto, entendemos que neste momento devemos garantir o ingresso de todos os estudantes que estão programados para entrarem na Universidade em maio, pelo SiSU 2017.1”, disse o reitor.

Rangel ressaltou que a discussão sobre a abertura de vagas para a segunda entrada será levada para o mês de agosto, uma vez que a Universidade ainda não oficializou a adesão ao SiSU 2017.2 junto ao Ministério da Educação (MEC). “Assim, teremos pelo menos quatro meses para fazermos um bom debate com a comunidade universitária e tomarmos as melhores decisões”, frisou o reitor, acrescentando que “estamos fazendo uma tentativa de assegurar que a Universidade não entre em um processo caótico de bancarrota. Queremos manter a Universidade funcionando dentro daquilo que é responsabilidade do gestor, com os recursos que se dispõe”.

Sobre a ampliação das vagas, ela se dará com base em levantamento relativo à capacidade máxima de ingressantes em cada curso. Nesse sentido, o pró-reitor de Graduação da UEPB, professor Eli Brandão, explicou que será acrescido o número de chamadas da lista de espera do SiSU 2017.1, seja pelo aumento do número de convocados das próximas listas, seja pelo ingresso de graduados, elevando o número de estudantes ingressantes para uma quantidade superior a 3.500 novos alunos.

“Observamos que estamos aqui fazendo esforço para economizar dinheiro para o Estado usar em outras coisas. Nós até podemos cortar despesas com atividades essenciais da Universidade desde que possamos assegurar que esses recursos economizados fiquem na Universidade para fazer face a outras despesas e outras atividades que precisam ser realizadas, e não economizar dinheiro para ser gasto em outras coisas, em outros setores do Estado”, afirmou o reitor.

Ele disse que é preciso garantir o orçamento da universidade como está previsto na lei e como ele foi aprovado recentemente pela Assembleia Legislativa do Estado (ALPB). “Mas também precisamos garantir o direito da sociedade ao acesso às vagas na Universidade e garantir que estes estudantes que querem chegar à UEPB venham somar a todos nós na construção e na defesa da Universidade Estadual da Paraíba, que não é do reitor, não é do governador, mas é sim de todos aqueles que a constroem no seu cotidiano e de todo o povo da Paraíba”.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078. 

 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.