Início Geral

UFC confirma Weidman x Belfort e norte-americano comemora: “Era a luta que eu queria”

Assim que recebeu a notícia sobre a data de sua próxima luta e o seu adversário, Chris Weidman correu para postar uma mensagem em sua conta do Twitter. O americano vai enfrentar o brasileiro Vitor Belfort no dia 6 de dezembro, em Las Vegas, durante o UFC 181. Weidman revelou que queria o duelo:

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio

— Muito feliz que o Vitor conseguiu a licença para lutar e será testado aleatoriamente por sangue e urina. Essa é a luta que eu queria

Após ser liberado pela Comissão Atlética de Nevada (NSAC) para lutar, o brasileiro postou um desabafo em uma rede social. “Meu treinamento nunca foi baseado na lei do menor esforço e meus prêmios e conquistas são resultados de um trabalho que poucos conseguem fazer”, escreveu o lutador.

O objetivo de Belfort é reconquistar o cinturão dos pesos-médios do UFC. Ele chegou a ter um confronto contra o atual campeão agendado, mas depois de um teste surpresa da NSAC ter flagrado níveis de testosterona acima do permitido no corpo do brasileiro, a entidade proibiu a terapia de reposição hormonal (TRT) que Belfort fazia, o que acabou tirando o brasileiro da disputa pelo cinturão. Lyoto Machida foi escalado em seu lugar, mas não deu conta e perdeu o duelo contra Chris Weidman.

Vitor Belfort vem de três nocautes conscecutivos: Michael Bisping, Luke Rockhold e Dan Henderson foram as vítimas do brasileiro. Weidman, por sua vez, está invicto na carreira. Foram 12 lutas e 12 vitórias, sendo as últimas oito pelo UFC. O americano foi o responsável por acabar com o reinado de Anderson Silva no Ultimate.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.