Início Geral

Veja como evitar e onde tratar doenças causadas pela mudança de clima em JP

As mudanças de estação, como a recente entrada do outono no lugar do verão, podem influenciar diretamente nas ocorrências de doenças do sistema respiratório, como alergias, infecção respiratória, asma, pneumonia e gripes. Veja abaixo quais serviços procurar para tratamento na Capital.


Leia mais Notícias no Portal Correio

Segundo a Saúde de João Pessoa, as pessoas mais suscetíveis a estas doenças são sempre aquelas que naturalmente apresentam menor imunidade como as crianças e os idosos.

Além disso, usuários de medicamentos imunossupressores, pessoas que estão submetidas à quimioterapia, uso de corticóides, como os portadores de asma brônquica, de doenças reumáticas crônicas, e outras doenças autoimunes, e quem possui suscetibilidade alérgica a vários fatores ambientais também adoecem mais fácil durante a mudança de clima.

“O inverno traz as muitas chuvas, a queda de temperatura e aumenta a umidade. Então nos recolhemos mais a ambientes fechados, portanto ficamos mais expomos aos fungos, ácaros e outros agentes desencadeadores das doenças respiratórias alérgicas e viróticas”, contou o médico Esonilson Siqueira, que trabalha na da Unidade de Saúde da Família (USF) do bairro Castelo Branco I.

Ainda segundo médico, pessoas suscetíveis as doenças da mudança de clima devem evitar ambientes fechados e com grande fluxo de pessoas como shoppings, salões de festas e boates; evitar visitas a hospitais; controlar a poluição doméstica, corrigindo a umidade ambiental melhorando a ventilação dos dormitórios; reduzir poeira doméstica usando panos molhados e não vassouras ou espanadores; e evitar fumo e queima de lixos.

O médico também orientou que aos primeiros sinais de doenças febres, tosse persistente, rinites, sinusites e bronquites é necessário acompanhamento médico para evitar um agravamento da saúde.


Locais de atendimento na Capital

Em João Pessoa, as crianças alérgicas e com problemas respiratórios são atendidas no Hospital do Valentina, com atendimento 24 horas por dia em casos de urgência e emergência. Para o acompanhamento, as consultas devem ser marcadas na Unidade de Saúde da Família (USF) onde a criança é cadastrada.

Já os adultos, em caso de urgência e emergência, devem seguir para as Unidades de Pronto Atendimento (UPA) Oceania, em Manaíra; Célio Pires de Sá, no Valentina; e a UPA Augusto Almeida Filho, em Cruz das Armas.

Para o acompanhamento, assim como as crianças, os adultos devem procurar uma USF, podendo ser atendidos na unidade ou encaminhados pelo clinico geral para atendimento de alergologista ou pneumologista no Centro de Atenção Integral à Saúde (Cais) de Jaguaribe.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.