Início Notícias

Veja como foram atos públicos pelo Dia da Mulher na Paraíba

João Pessoa figurou a lista de pelo menos 45 cidades brasileiras que fizeram atos públicos no Dia Internacional da Mulher, nessa sexta-feira (8). Na Paraíba, além da Capital, houve manifestação também em Campina Grande. Acompanhe abaixo.

Igreja Metodista

Mulheres, homens e adolescentes da Igreja Metodista em João Pessoa caminharam nessa sexta (8), do Ponto de Cem Réis em direção ao parque Sólon de Lucena, no Centro, com cartazes e em marcha pelo fim da violência contra mulher.

Uma intervenção artística mostrou o assédio sexual no transporte coletivo, relacionamentos abusivos e o feminicídio, chamando a atenção de quem estava nos pontos de ônibus da Lagoa.

Mulher

Jovens da Igreja Metodista fizeram ato público nas ruas de João Pessoa (Foto: Thomas Albuquerque/Divulgação)

A Marcha pelo Fim da Violência foi uma das ações de uma campanha promovida pela Igreja Metodista em João Pessoa neste mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher. “Este já é o quarto ano em que saímos da igreja e vamos às ruas demonstrar o nosso repúdio à toda forma de violência contra mulher. Com esta mensagem, também anunciamos que a nossa igreja se importa com toda mulher, pois cada vida conta”, afirmou a pastora da Igreja Metodista, Thaiana Assis.

Além da Marcha, no dia 8 de março, durante todo este mês, a Igreja Metodista em João Pessoa promove ações de conscientização, utilizando as redes sociais Facebook e Instagram.

A Campanha “Nós Voz Elas” conta, através de vídeos divulgados nas redes sociais da igreja, casos reais de violência sofrida por várias mulheres. “Os textos foram interpretados por irmãs da nossa igreja. Ao longo dessa semana divulgamos um vídeo por dia. Um esforço para a conscientização da sociedade e convite a se engajar na luta pelo fim da violência contra a mulher”, afirmou a pastora da Igreja Metodista em João Pessoa, Thaiana Assis.

Centro da Mulher 8 de Março

Mulheres e homens se reuniram em uma grande mobilizaçao do 8 de Março na área central de João Pessoa. Com o tema “Ninguém solta a mão de ninguém”, a organização contabilizou cerca de 800 pessoas que percorreram as ruas com faixas, cartazes e mensagens, chamando atenção para os casos de violência contra mulher.

Mulher

Manifestação começou na Praça Pedro Américo e seguiu para a Lagoa (Foto: Divulgação/Facebook Centro da Mulher 8 de Março)

O ato público começou à tarde na Praça Pedro Américo, no Centro, e seguiu em caminhada para o Parque da Lagoa.

Bloco das Mulheres

Em Campina Grande, grupos de pessoas se reuniram no Bloco das Mulheres, “em marcha por direitos”, às 15h dessa sexta (8), na Praça da Bandeira, no Centro da cidade.

Mulher

Em Campina, também houve manifestação (Foto: Reprodução/Facebook)

Além de reivindicar mais direitos para as mulheres, o ato público chamou atenção para a violência de gênero e lembrou do assassinato da vereadora do Rio de Janeiro, Marielle Franco.

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.