Início Geral

Veja dicas e orientações para estudar inglês na reta final de preparação para o Enem

A reta final de preparação para o Enem 2016 tem levado estudantes a estudarem durante mais tempo. Uma das disciplinas que serão testadas na prova é a língua inglesa, tida como uma das mais difíceis do Enem. Veja abaixo dicas de especialistas a como lidar com a língua inglesa na hora da prova.

Leia também:

* Inep divulga cartilha com dicas para ajudar estudantes na redação do Enem;

* Simulado online com questões do Enem termina neste domingo; veja como usar

De acordo com Michelle Perego, coordenadora de inovação pedagógica de uma escola de idiomas, o principal desafio do teste de língua estrangeira é a interpretação de texto. Por isso, o aluno deve se dedicar à leitura.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Uma dica da especialista é o aluno procurar não travar em trechos difíceis ou palavras desconhecidas. O ideal é sempre fazer uma primeira leitura completa, para identificar a temática base do texto, depois repetir o processo de forma mais detalhada e, aí sim, relacionar o assunto a fotos, ilustrações e figuras de linguagem que possam estar presentes.

“No caso dos quadrinhos e charges, quando estiver com a avaliação em mãos, o aluno deve saber relacionar a ilustração e o texto. Já em poemas e letras de música o desafio pode ser maior, pois muitas vezes o estudante precisará identificar figuras de linguagem, que serão essenciais na interpretação,’’ explica Michelle Perego.
Quanto a gramática, a especialista analisou que ela não é cobrada de maneira direta, mas que o estudante deve saber aplicá-la sem ter que decorar.

“A gramática é vista como um instrumento para interpretação dos textos, tanto é que os enunciados das questões são em português, para que se garanta que o que está sendo testado é de fato a compreensão do texto e não o conhecimento memorizável’’, disse Michele.

Já segundo Alberto Costa, do departamento da Universidade de Cambridge dedicado à certificação internacional de inglês, para o melhor entendimento sobre o uso de pronomes, sufixos, prefixos, conjunções, verbos, expressões idiomáticas, voz ativa e passiva, discurso direto e indireto, frases condicionais entre outros pontos é praticar escrevendo redações sobre temas que permitam a argumentação e o uso de diferentes tempos de ação.

Outra dica citada pelos especialistas é modificar para o inglês o idioma dos aparelhos eletrônicos disponíveis ao estudante.

“Nós passamos grande parte do nosso dia conectados e, ao adotarmos essa simples postura, estaremos expostos por mais tempo ao idioma e em situações cotidianas, que nos ajudam a relacionar as ações ao vocabulário. Com isso, crescem as chances de gravar na memória palavras que tem dificuldade”, afirmou Alberto Costa.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.