Início Geral

Vendas nos supermercados caem 4,8% na Grande JP e diminuem ritmo do com?rcio

O comércio varejista de João Pessoa sofreu retração de 0,2% em setembro na Grande João Pessoa, em relação a agosto. A pesquisa foi divulgada nesta terça-feira (4) pela Fecomércio, mostrando ainda que o ramo de supermercados e mercadinhos foi o maior responsável pela queda, com diminuição de 4,85%

Leia mais Notícias no Portal Correio

Apesar da retração, sete dos 12 ramos apresentaram expansão, com destaque para combustíveis (2,19%), concessionárias de veículos (2,16%) e autopeças e acessórios (2,02%). A retração foi verificada principalmente nos ramos de supermercados e mercadinhos (-4,85%), vestuário (-3,8%), móveis e decoração (-1,86%), calçados (-0,76%) e farmácias, drogarias e perfumarias (-0,56%).

Segundo o presidente da Fecomércio Paraíba, Marconi Medeiros, “este resultado pode ser explicado, em parte, pela alta da inflação, que em setembro deste ano no contraponto com o mês anterior, registrou alta de 0,57%, segundo o IPCA, sendo o grupo alimentação o que apresentou a maior alta (0,78%). Além disso, a oferta de crédito vem diminuindo e a renda familiar dos consumidores apresenta um alto nível de comprometimento.”

Na comparação setembro 2014/2013, o varejo apresentou um crescimento de 2,19%, com os melhores desempenhos nos segmentos de tecidos (15,33%), calçados (11,30%), eletrodomésticos e eletroeletrônicos (8,39%) e combustíveis (7,46%).

Em sentido oposto, as reduções mais expressivas ocorreram nas concessionárias de veículos (-4,87%), autopeças e acessórios (-3,96%) e móveis e decorações (-3,69%).

No acumulado do ano, a pesquisa também apontou crescimento no setor (0,55%), comparado ao mesmo período do ano passado, sendo os melhores resultados verificados em tecidos (10,24%), calçados (6,19%), supermercados (4,68%) e farmácias, drogarias e perfumarias (2,98%).

Ainda nesta comparação, as maiores reduções foram registradas nas concessionárias de veículos (-6,22%) e móveis e decorações (-5,55%).

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.