Veneziano diz que relat?rio do TCE prova lisura em obra; Romero contesta

14
COMPARTILHE

O deputado federal e ex-prefeito de Campina Grande Veneziano Vital do Rêgo declarou que o relatório do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, referente à análise da prestação de contas do exercício de 2009, contendo as obras realizadas pela Prefeitura e Campina Grande em sua gestão, comprova que não houve fraude no processo, como denunciou ex-tesoureiro da PMCG, Sr. Renan Trajano.

Leia mais notícias de Política do Portal Correio

Segundo ele, o relatório mostra a “Auditoria de Obras e/ou Serviços de Engenharia” feita pelo TCE-PB com o “resultado de análises decorrentes da Auditoria Técnica realizada pela Divisão de Controle de Obras Públicas – DICOP no que se refere aos aspectos técnicos e financeiros envolvidos na execução das obras e/ou serviços de engenharia, realizados pela Prefeitura Municipal de Campina Grande, durante o Exercício Financeiro de 2009, e relacionadas a partir de consulta ao Sistema de Acompanhamento da Gestão dos Recursos da Sociedade – SAGRES”.

Ainda no relatório, o TCE-PB informa que enviou técnicos para fazer a inspeção ‘in loco’, entre os dias 16 a 20 de agosto e 13 a 17 de setembro de 2010, sob acompanhamento de engenheiros civis da PMCG, sendo inspecionadas 12 obras na cidade, totalizando investimentos de R$ 43.598.761,44. Nas 29 páginas do relatório, os técnicos publicam fotos de todas as obras executadas pela PMCG, comprovando sua existência e execução.

“Este relatório, portanto, aponta a regularidade da execução das obras, que, como falei, existem, estão lá, para todos verem, inclusive com os elogios dos técnicos do TCE-PB quanto à qualidade das obras e à lisura na aplicação os recursos. Isto mostra a forma como nós tratamos os recursos públicos quando estivemos na Prefeitura de Campina Grande. É esta a informação, documentada – não apenas de falácia – que a sociedade merece conhecer. Não verborragias irresponsáveis, patrocinadas por interesses políticos, como estamos vendo”, afirmou Veneziano, ao comentar o relatório do TCE-PB.

O atual prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB) contestou a informações repassadas por Veneziano ao TCE. Segundo ele, o peemedebista fraudou extratos bancários enviados ao Tribunal.

Romero Rodrigues afirmou que se reunião com o procurador geral do Município, José Fernandes Mariz, quando foi feita uma avaliação do quadro e determinou providências no sentido de formalizar representação junto ao Ministério Público, à Polícia Federal e ao TCE. Segundo o prefeito, vários balancetes foram montados de forma fraudulenta, com extratos que não correspondiam em suas informações numéricas com os documentos originais dos bancos.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas