Início Geral

Ventos fortes causam estragos em municípios da PB; 99 cidades estão sob alerta

Noventa e nove municípios da Paraíba estão em risco potencial de registrar ventos fortes até as 23h59 desta terça-feira (4), segundo o Centro Visual para Avisos de Eventos Meteorológicos Severos para o Sul da América do Sul (Alert-AS). Confirmando o alerta, ventos fortes foram registrados nas últimas horas na cidade de Belém e Lucena, localizadas a 123 km e 40 km, respectivamente, da Capital. Com a ventania, o portal de entrada de Belém, inaugurado dia 8 de dezembro de 2016, durante as comemorações da padroeira da cidade, desabou nesta manhã. Já em Lucena, o teto do Ginásio da Escola Américo Falcão desmoronou. Comente no fim da matéria.

Leia também:

Mantido alerta de ventos fortes e mar agitado para Litoral da PB, com ondas de até 3 m

JP, CG e mais 97 cidades estão em alerta para fortes ventos; veja orientações

Ouvintes de uma rádio em Belém relataram que duas árvores caíram com a força dos ventos, e outros se mostraram indignados com a queda do portal, cobrando uma posição da empresa responsável pela execução da obra.

O alerta do Alert-AS serve para as regiões do Litoral, Mata paraibana, Cariri, Brejo, Agreste e Seridó. Em cidades do Agreste, como Campina Grande e Bananeiras, os ventos podem chegar a 25 km/h. Em Junco do Seridó, a previsão é de a velocidade dos ventos chegue a 36 km/h. Já na Capital, pode ser registrado vento com 18 km/h. Esses valores são previstos pelo site Climatempo.

A orientação do centro é de que as pessoas tenham cuidado na prática de atividades sujeitas a riscos. É aconselhável que a população se mantenha informada sobre as condições meteorológicas de suas cidades. Para mais informações, o Alert-AS recomenda que a Defesa Civil ou a Marinha do Brasil sejam procuradas.

Mais riscos

Conforme o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), o alto volume de chuvas ocorridas nos últimos dias contribui para que o Litoral paraibano fique na área de risco geo-hidrológico.

O Portal Correio entrou em contato com a Agência Executiva de Águas da Paraíba (Aesa) para obter informações sobre as áreas mais afetadas pelas ventanias no interior do estado, mas o meteorologista Alexandre Magno alegou que não houve nenhuma notificação grave.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.