Início Geral

Vereador é levado às pressas para hospital com “princípio de morte súbita”

O vereador pessoense Marmuthe Cavalcanti foi levado às pressas, na madrugada deste domingo (3), para o hospital Memorial São Francisco, em João Pessoa, depois de complicações cardíacas. Ele foi diagnosticado com “princípio de morte súbita”.

Em sua página no Facebook, o vereador, que já recebeu alta, contou que passou por “sufocos essa madrugada”. Ele disse que estava dormindo e acordou muito mal. “Tive que ser levado às pressas para o hospital Memorial São Francisco, pois senti sérias complicações cardíacas, meu coração repentinamente passou a bater quase quatro vezes mais que o normal, 228 batidas por minuto”, relatou.

Marmuthe descreveu dores insuportáveis tomando conta de todo corpo, que embora frio, não parava de suar. “E esse problema todo que senti foi diagnosticado como princípio de morte súbita, mas meu Pai Celestial mais uma vez não me abandonou, estou bem melhor agora, vencemos mais essa batalha. Graças a Deus acabei de chegar em casa, agora vou ter que iniciar todo um tratamento que o médico julga importante. Preciso estar bem, tenho uma família pra cuidar, e uma luta toda pela frente”, disse.

O mal súbito é qualquer sintoma clínico que caracteriza a perda súbita da consciência. O problema se manifesta de repente, em pessoas aparentemente saudáveis.

De todos os casos de mal súbito, cerca de 90% são desencadeados por arritmias cardíacas. O coração da vítima deixa de bater normalmente e adquire batimentos descompassados. Este movimento, por sua vez, não é suficiente para enviar o oxigênio aos órgãos vitais.

O infarto agudo do miocárdio e as arritmias são os principais causadores do mal súbito. Estes problemas cardíacos podem se manifestar através de incômodo peso ou dor no peito, batimentos acelerados, ânsia de vômito, dores de cabeça inexplicáveis, formigamento no corpo, falta de ar, tontura, palidez sudorese e desmaio.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.