Vereadora de JP cr?tica governador por ?antecipar elei??es?

16
COMPARTILHE

A vereadora de João Pessoa Raíssa Lacerda (PSD) saiu em defesa da ex-secretária chefe da Casa Civil do Governo do Estado Léa Silva, que foi exonerada pelo governador Ricardo Coutinho (PSB) do cargo nessa quarta-feira (4). Para ela, a atitude do chefe do Executivo mostra que ele está antecipando as eleições municipais do próximo ano.

Leia mais notícias de Política do Portal Correio

Acontece que Léa Silva foi exonerada após tomar partido do vice-prefeito de Cajazeiras, Júnior Araújo, que divergiu com o governador Ricardo Coutinho por causa da empresa prestadora de serviço de hemodiálise no Hospital Regional de Cajazeiras.

“Eu acho que ele devia focar em trabalho, como o prefeito Luciano Cartaxo está fazendo, e deixar as eleições para 2016. Ele deveria cuidar da segurança pública, até porque falta muito tempo para as eleições é só no próximo ano”, criticou a vereadora.

Em publicação feita em uma rede social, o vice-prefeito afirmou sofrer perseguição política do Governo do Estado. “A vida é feita de ciclos, outras oportunidades virão e esse momento será superado. Avante guerreiro Júnior Araújo”, escreveu Léa na publicação dele.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas