Início Geral

Vice jurídico do Botafogo-PB explica situação de Wanderson, que pediu para deixar o clube

Depois de um início fraco de temporada, na goleada do time da estrela vermelha sobre o Vitória-BA por 4 a 2 pela Copa do Nordeste, o camisa 33 foi o grande destaque, marcando duas vezes, e conseguindo iniciar uma sequência de boas partidas. Com 10 gols em 2017, Wanderson é o vice-artilheiro do Botafogo-PB na temporada, atrás apenas de Rafael Oliveira, que tem 18. Comente no final da matéria.

Leia mais sobre Esportes no Portal Correio

Porém, desde o dia 26 de maio o jogador não é mais visto na Maravilha do Contorno. Ele alegou que recebeu uma proposta de fora do país e pediu para ser liberado. A última vez em que esteve à disposição de Itamar Schülle foi na segunda rodada da Série C, na derrota contra o Fortaleza, no dia 19 de maio.

Sem proposta oficial em mãos, o clube não o liberou, e chegou a notificá-lo por abandono de emprego. Mas, ao que parece, a situação está perto de um desfecho bom para os dois lados. Alexandre Cavalcanti, vice-presidente jurídico do Botafogo-PB, explicou a situação atual do atleta

“Wanderson desapareceu do clube com alegação de que tinha uma proposta internacional, que havia sido vendido para um time da China. Como nós não tínhamos recebido nada oficial, não liberamos o atleta e o notificamos por abandono de emprego. Na última sexta-feira (2), esse contrato internacional chegou ao clube através da Penapolense-SP, que é quem tem os direitos federativos dele, e a Penapolense se comprometeu a fazer a compensação financeira para o Botafogo-PB, porque no contrato dele tinha uma cláusula que liberava em caso de transação internacional, e o clube dele teria a obrigação de nos repassar uma porcentagem da venda. Agora eles têm cinco dias úteis para nos paga”, esclareceu.

Sem Wanderson, o Belo vive uma carência de atacantes, e o treinador já pediu reforços para a posição, já que atualmente conta com Rafael Oliveira, Warley, Fernandinho e Dico para a posição. Na última semana, o clube tentou a contratação do paraguaio Braian Samúdio que estava no Guarani, mas a negociação não avançou.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.