Início Geral

Vinte e nove munic?pios paraibanos recebem R$ 3 milh?es do MS para preven??o de DSTs

O Ministério da Saúde liberou aproximadamente R$ 3 milhões para 29 municípios paraibanos como forma de Incentivo às Ações de Vigilância, Prevenção, Qualificação e Controle da Atenção em HIV/AIDS e outras Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs). Portaria nesse sentido foi publicada no Diário Oficial da União da última quinta-feira (3).

Leia mais Notícias no Portal Correio

Ao todo, estão sendo liberados R$ 2.969.055,00, que serão repassados aos municípios em 12 parcelas. De acordo com a gerente operacional das DST/AIDS/HIV, da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Ivoneide Lucena, já foram realizadas oficinas nos municípios apresentando várias possibilidades de investimento dos recursos.

“Os municípios apresentam realidades diferentes e a SES orienta os profissionais para que o investimento seja empregado de maneira mais adequada e da melhor forma possível”, disse.

Entre as ações sugeridas estão: a qualificação dos profissionais de saúde; aquisição de material de prevenção; implementação das ações dos planos estaduais de enfrentamento à Aids (um destinado à mulheres e outro à população LGBT); confecção de material informativo (folders, cartazes, faixas); implantação de unidades dispensadoras de medicamentos (os pacientes não precisariam se deslocar para João Pessoa e Campina Grande para conseguir os medicamentos); publicação de editais para repasse de recursos para fortalecimento das Organizações Não-Governamentais (ONG’s); entre outros.

Abaixo, os municípios beneficiados e os valores, anual e mensais, repassados pelo Ministério da Saúde. 

Municípios

Valor Anual

Valor Mensal

Água Branca

6.529,38

544,11

Alagoa Grande

18.963,78

1.580,31

Alhandra

12.452,88

1.037,74

Bayeux

67.840,74

5.653,39

Caaporã

13.999,92

1.166,66 

 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.