Edital aberto

Verbas

Educação

TV Correio

rio-paraiba-vai-fornecer-agua-para-pernambuco
Rio Paraíba em Itabaiana (Foto: Geovanis/Creative Commons)

Aesa garante que PB não vai perder água para PE

Segundo o presidente da Aesa, o que o estado vizinho vai retirar do manancial paraibano será uma quantidade que se refere a uma cota da qual ele tem direito

0
COMPARTILHE

O presidente da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), João Fernandes, explicou que a Paraíba não vai perder água do Rio Paraíba para Pernambuco. O que o estado vizinho vai retirar do manancial paraibano será uma quantidade que se refere a uma cota da qual ele tem direito. Para isso, inclusive, a vazão que atualmente chega a Monteiro, no Cariri da Paraíba, vai ter que aumentar.

Leia também: Acauã seca e Aesa suspende retirada de água do Rio Paraíba

– Rio Paraíba vai fornecer água para Pernambuco

– Transposição e água do Rio PB para PE serão debatidos no MPF

A confirmação de que o Rio Paraíba também vai fornecer água para Pernambuco foi dada nessa sexta-feira (12) pelo governador do Estado, Ricardo Coutinho (PSB), quando assinou ordem de serviço autorização de licitação para construção de uma Estação de Tratamento de Água (ETA), em Barra de São Miguel.

“O que existe é que a água do São Francisco é para todos. É o rio da integração nacional. A água, inclusive, chega de Pernambuco e passa por vários municípios da Paraíba”, disse João Fernandes.

O presidente da Aesa ainda detalhou como deve ser o processo que vai fazer com o que o Rio Paraíba abasteça Pernambuco. De acordo com João Fernandes, a diferença é que o estado vizinho em vez de pegar água próximo a Monteiro, vai retirar perto de Barra de São Miguel.

“Se a gente ia receber 4,5 metros cúbicos por segundo (m³/s) (a partir de abril), então vamos receber 5 m³/s para que 0,5 m³/s vá para o estado de Pernambuco. É um direito deles. Os dois governadores estão fazendo o que todos deveriam fazer, integrar os estado para resolver os problemas. Até porque a água é das pessoas, não é do paraibano ou do pernambucano. É de todas as pessoas”, finalizou.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas