Líderes decidem cortar ponto de deputados faltosos na ALPB

32
0
COMPARTILHE

Os deputados que se ausentarem da Assembleia Legislativa em dias de ‘esforço concentrado’ terão seu ponto cortado e, consequentemente, o dia da falta descontado do salário. A decisão de punir os faltosos, tomada pelo colegiado de líderes da Casa, foi anunciada nesta quinta-feira (06) pelo presidente Gervásio Maia (PSB), embora tenha sido tomada desde a semana passada. Os dias de ‘esforço concentrado’ são aqueles em que os parlamentares se reúnem para votar os projetos e limpar a pauta.


Leia mais notícias de política no Portal Correio

Durante o encontro, os líderes da Casa definiram que uma vez por semana os deputados serão convocados para participar do esforço concentrado, que poderá acontecer as terças ou quartas-feiras. Por isso, ficou determinado que quem não comparecer e não justificar o motivo da ausência vai ter o ponto cortado, sendo descontado no valor do salário. No início da semana, o presidente Gervásio Maia chamou a atenção dos deputados em plenário e cobrou a presença deles durante as sessões ordinárias.

“Eu não quero radicalizar. Não é uma decisão do presidente da Assembleia Legislativa, é uma decisão de todos. Nós temos um regimento e esse regimento deve ser cumprido. Nós pactuamos com os líderes que faremos o esforço concentrado e, é claro, que aqueles que não participarem sem justificar terão o ponto cortado. O colegiado de líderes tem que ter essa participação efetiva nas decisões da Casa”, justificou o socialista Gervásio Maia.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas