Início Notícias

Ainda falta combustível em aeroporto na PB, diz Infraero

Em pelo menos 10 aeroportos administrados pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) ainda falta combustível para abastecer as aeronaves, de acordo com dados do final da tarde desta segunda-feira (28). A empresa é responsável por 54 aeroportos em todo país, dentre estes o aeroporto Presidente João Suassuna, em Campina Grande, onde o problema permanecia até o fechamento do balanço, às 18h15.

Leia também: Abastecimento de combustíveis começa a ser normalizado

Além do aeroporto de Campina Grande, falta combustível em São José dos Campos (SP); Uberlândia (MG); Juazeiro do Norte (CE); Aracaju; Foz do Iguaçu (PR); Teresina; Paulo Afonso (BA); Palmas e Pampulha, em Belo Horizonte.

Segundo a assessoria da Infraero, a empresa está em contato com órgãos públicos relacionados ao setor aéreo para garantir a chegada dos caminhões com combustível de aviação aos aeroportos administrados pela empresa.

A Infraero informou ainda que os aeroportos estão abertos e têm condições de receber pousos e decolagens. Nos terminais em que o abastecimento está indisponível, as aeronaves que chegarem só poderão decolar se tiverem combustível suficiente para a próxima etapa do voo.

Aos passageiros, a Infraero recomenda que procurem as companhias aéreas para consultar a situação de seus voos. Aos operadores de aeronaves, a empresa orienta que planejem os voos de acordo com a disponibilidade de combustível na rota pretendida.

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.