Moeda: Clima: Marés:

Após cassação, TRE-PB marca diplomação de quatro novos vereadores de Campina Grande

No início do mês, a justiça eleitoral cassou os mandatos de Dinho Papaléguas e Waldeny Santana (União Brasil), e Carol Gomes e Rui da Ceasa (PROS). por fraudes na cota de gênero

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE) confirmou, nesta sexta-feira (24), a diplomação de quatro novos vereadores em Campina Grande, no Agreste da Paraíba.

No início do mês, a justiça eleitoral cassou os mandatos de Dinho Papaléguas e Waldeny Santana (União Brasil), e Carol Gomes e Rui da Ceasa (PROS). por fraudes na cota de gênero.

Após a retotalização dos votos, Márcio Melo (PSD), Napoleão Maracajá (PC do B) , Carla Moura (PSC) e Bruno Faustino (PTB) vão ocupar os cargos na Câmara Municipal de Vereadores.

De acordo com o juiz eleitoral, Antônio Reginaldo Nunes, ainda nesta sexta (24) serão publicados os editais dos eleitos. A diplomação será feita de forma remota, onde o próprio eleito irá acessar o sistema e retirar o seu diploma.

Após esse processo, o rito continua na Câmara Municipal da cidade. Ao Portal Correio, o Presidente da Casa, Marinaldo Cardoso, revelou que até o dia 30, os novos parlamentares estarão empossados.

Entenda o caso

As ações pediam o reconhecimento de candidaturas laranjas nos partidos União Brasil, Pros e Solidariedade. As campanhas de Marta Ambrósio do Nascimento, Maria de Fátima Dias de Lima e Virgínia Soares de Oliveira teriam sido fictícias.

O caso havia sido julgado em junho de 2022 e desde abril havia um parecer da Procuradoria Regional Eleitoral opinando por manter a cassação.

Os juízes Bruno Teixeira, Maria Cristina Santiago, Agamenildes Dias e José Ferreira Ramos acompanharam o entendimento da Procuradoria Regional Eleitoral (PRE), Acácia Suassuna, defendeu o reconhecimento da existência de fraudes nos casos dos partidos União Brasil e Pros.

Já relator dos processos, juiz Fábio Leandro, votou pela procedência da fraude apenas no União Brasil. A desembargadora Maria de Fátima Bezerra e o juiz Roberto Moreira acompanharam o relator.

Receba todas as notícias do Portal Correio no WhatsApp

publicidade
© Copyright 2024. Portal Correio. Todos os direitos reservados.