Início Cotidiano

Área de avenida que cedeu em 2017 se rompe novamente e forma cratera, em João Pessoa

Segundo a Cagepa, em 2017, reparos na tubulação da rede de esgoto da área custaram R$ 600 mil
Imagem divulgada pela Semob mostra cratera ao fundo. Energisa foi acionada para consertar rede elétrica danificada (Foto: Divulgação/Semob-JP)

O trecho da Avenida Expedicionários, na área entre o cruzamento com a Avenida Júlia Freire e a Rua Sílvio Almeida, no bairro dos Expedicionários, em João Pessoa, voltou a se romper e formar uma cratera, neste sábado (13). O mesmo problema ocorreu em 2017 após fortes chuvas.

A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob-JP) bloqueou o trânsito no local. Além dos agentes de mobilidade, uma equipe da Energisa também está na área para consertar a rede elétrica danificada. 

Desvios

Para quem segue pela Aenida Júlia Freire, deve ir em frente e entrar à direita na Rua Professor Joaquim Santiago até alcançar a Rua Sílvio Almeida.

Quem sai da Avenida Epitácio Pessoa para a Avenida Expedicionários, deve entrar à esquerda no cruzamento com a Avenida Júlia Freire e dobrar à direita na Rua Professor Joaquim Santiago até alcançar a Rua Sílvio Almeida.
 
De acordo com a Diretoria de Operações da Semob, o bloqueio será mantido até que um poste seja trocado, o reparo no asfalto seja realizado e o retorno do trânsito seja considerado seguro. 

Em nota ao Portal Correio, a Cagepa informou que se trata de um coletor tronco da rede de esgotamento sanitário, com sete metros de profundidade, que rompeu. “As equipes da Cagepa estiveram hoje no local fazendo as medições e iniciam neste domingo a manutenção”.

Problema se repete

Em 2017, o mesmo trecho apresentou problemas na estrutura do asfalto. Na época, a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) anunciou reparos de R$ 600 mil para a substituição da rede de esgoto da área.

Relembre:

*Atualizada às 20h25 deste sábado (13) para incluir a resposta da Cagepa

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.