Início Esportes

Atleta paraibano de jiu-jitsu encara vida nos EUA e busca mundial

O atleta paraibano de jiu-jitsu Henrique Freire Lima, 32 anos, está em temporada nos Estados Unidos se preparando para participar de torneios na país. Henrique, que atualmente mora em Orlando, na Flórida, começou a treinar jiu-jitsu no ano de 2000, em João Pessoa. Aqui no Brasil, o atleta já foi campeão paraibano e do Torneio Norte/Nordeste. 

Leia também:

Carreira

Jiu-Jitsu

Henrique começou a lutar jiu-jitsu em 2000, em João Pessoa (Foto: Instagram)

Em 2017, Henrique foi para os Estados Unidos, e passou seis meses por lá, e lutou o Campeonato Mundial, naquela altura, seu primeiro campeonato de grande porte. Depois de seis meses ele retornou a terras norte-americanas para lutar e conquistou mais títulos, tais como o Miami Open e o New York Fall. Voltou a disputar novamente o Mundial e chegou até as quartas de final. Em sua avaliação, um grande desempenho.

Hoje, em terceira passagem pelos Estados Unidos, mantém uma rotina intensa de treinamentos. O ano já chegou com bom desempenho do atleta. Conquistou o segundo lugar no Atleta Open e no dia 15/02, irá lutar o Miami Open, na preparação para o foco principal, que é o Mundial de Jiu-Jitsu, que acontecerá em agosto, na cidade de Las Vegas. 

A busca pelo sonho no jiu-jitsu

Henrique sempre foi determinado a buscar os sonhos. Desde que começou a lutar jiu-jitsu acreditava no potencial e ambicionava mais. “Eu sempre tive o sonho de ser um atleta mundial e para chegar a esse ponto eu teria que sair do país”, frisou o atleta.

Jiu-jitsu

O sonho de ser um atleta de nível mundial fez Henrique sair do Brasil e buscar crescer na carreira, indo para os EUA (Foto: Instagram)

Ele ainda citou as dificuldades que é trabalhar no Brasil, tendo que conciliar o emprego com os treinamentos, além das limitações, que iam do uso de equipamentos e ambientes de trabalho até a dificuldade em conseguir patrocínios.

“No Brasil é muito difícil ser atleta. Acabei que deixei tudo no Brasil. Eu era casado, com duas filhas e corri atrás dos meus sonhos. Deixei meu emprego, onde trabalhava de fiscal em uma empresa de lixo e “tô” aqui hoje”, citou ele que teve de abdicar da vida brasileira para seguir seu sonho.

Mas até a vida nos Estados Unidos tem seus percalços. Henrique Freire citou que a adaptação a nova cultura, aprender outra língua, a falta de patrocínio e o custo de vida no país, onde ele considera elevado, têm sido algumas adversidades que ele encontrou na nova realidade.

Títulos

Em 2018, o atleta paraibano conquistou o New York Fall, em duas categorias. Já em 2019, conquistou o Atlanta Summer, Birmingham Open, Miami Fall, Nashville Open,  MassBJJF e o Twin Cities Open. Atualmente, Henrique é o 50° do ranking de atletas brasileiros de jiu-jitsu no mundo, de acordo com a International Brazilian Jiu-Jitsu Federation (IBJJF).

Disputas em 2020

Jiu-jitsu

Henrique Freire Lima fará terceira participação no Mundial de Jiu-Jitsu, em Las Vegas (Foto: Instagram)

Este será bastante recheado, com muitas competições a serem disputadas por Henrique. Confira a lista:

Comentários

  • Láy disse:

    Você merece muito sucesso por lutar e correr atrás dos seus sonhos ! Que Deus te abençoe e te Ilumine sempre ! Onde estiver sempre torcerei por você meu cunhado

  • Maria das Graças Lima disse:

    Parabéns meu filho pela sua garra e determinação! Você é e sempre foi um grande guerreiro, enfrentando todas as dificuldades e abrindo mão até da família, o nosso bem maior para ir em busca dos seus sonhos. Portanto, continue batalhando, mantendo o foco e sempre firme na fé porque certamente, muitos resultados exitosos virão. Você merece toda felicidade do mundo! Te amamos muito!!!!!!!! ❤❤❤

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.