Início Geral

Bancada da PB diverge sobre ‘divisão’ na coordenação na Câmara e no Senado

O impasse na bancada federal sobre quem será o coordenador entre os 12 deputados e os três senadores ganhou novos capítulos nessa quinta-feira (27), quando o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) indicou o senador José Maranhão (PMDB) para ser o coordenador no Senado. Com isso, Maranhão estaria ao lado de Wilson Filho (PTB) liderando a bancada federal. A informação é do Correio Debate, da Rede Correio Sat.


Leia também: Wilson Filho e Benjamin Maranhão travam disputa pela coordenação da bancada

Entre os deputados e os senadores, a mudança na liderança é discutida com apoios à ideia de Cássio e divergência sobre uma ‘divisão’ de coordenação.


Leia mais notícias de Política no Portal Correio

Os deputados André Amaral (PMDB) e Wilson Filho são favoráveis ao pensamento de dois coordenadores, sendo Wilson na Câmara e Maranhão no Senado.

“Acho natural. A gente pode ter um representante do Senado e um representante da Câmara e cada um fazer a articulação dentro das duas Casas para que a gente possa trazer recursos. Com dois coordenadores o time fica maior e a gente pode fazer um trabalho muito mais qualificado”, disse André Amaral.

“Eu quando assumi a coordenação em 2013 consegui unir a bancada e ser escolhido para ser coordenador da Câmara e do Senado. Entreguei ao deputado Benjamin a bancada unida e recebo a bancada não tão unida quanto antes. Se a bancada entender que deveríamos voltar a ter dois coordenadores como no passado será um prazer ser coordenador ao lado do senador Maranhão”, afirmou Wilson Filho.

Indicado por Cássio, José Maranhão disse que vai tentar corresponder às expectativas e trabalhar para buscar recursos.

“Eu recebo com muita alegria porque isso é um gesto de confiança e respeito a minha atuação parlamentar, sobretudo da forma democrática, serena, com que eu trato as questões legislativas. Isso é uma questão eminentemente ligada a locação de recursos do orçamento. Claro que vou trabalhar para que possa corresponder a expectativa de todos os senadores e da bancada federal e servir bem ao nosso estado. Acho que a Paraíba merece a união de todos em benefício do nosso desenvolvimento”, contou José Maranhão.

Também favorável, o senador Raimundo Lira (PMDB) disse que uma decisão para conciliar a bancada federal paraibana é a divisão de coordenação.

“Eu estou muito na direção de uma decisão conciliatória. Acho que uma solução que iria conciliar esse conflito seria o seguinte: o senador José Maranhão ser coordenador da bancada no Senado e Wilson Filho ser coordenador da Câmara dos Deputados”, falou o senador.

Contrário à divisão de coordenação, o deputado Veneziano Vital (PMDB) afirmou que o ideal para a bancada federal seria a permanência de apenas um coordenador.

“O ideal seria que nós continuássemos como nesses dois últimos anos, tendo um companheiro a responder pela coordenação das duas bancadas. Até porque, muitos dos assuntos que nós tratamos dizem respeito ao comum objetivo, que é o de tratarmos sobre as questões que interessam a Paraíba e aos seus municípios”, disse Veneziano.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.