A explosão foi na madrugada desta segunda-feira (Foto: Reprodução WhatsApp)

Bandidos explodem presídio PB1 para resgatar presos

Ação teria sido para resgatar quatro presos que fazem parte de uma quadrilha de roubo a bancos

6653
COMPARTILHE

Em uma ação ousada na madrugada desta segunda-feira (10), bandidos atacaram a Penitenciária de Segurança Máxima Doutor Romeu Gonçalves de Abrantes (PB1), no bairro Jacarapé, em João Pessoa, e explodiram o portão principal da casa de detenção.

A ação que possibilitou a fuga dos presos foi realizada por ao menos 20 bandidos, que estavam fortemente armados e chegaram em quatro carros. O objetivo teria sido resgatar quatro detentos que fazem parte de uma quadrilha de roubo a bancos. Eles foram presos recentemente em Lucena, na Região Metropolitana de João Pessoa. Os bandidos chegaram atirando nas guaritas e detonaram explosivos no portão principal. Muitos outros presos acabaram aproveitando a oportunidade para escapar da unidade prisional.

As primeiras informações eram de que 50 presos tinham fugido. No entanto, no início da manhã, o governo do Estado confirmou que 105 detentos haviam deixado as instalações do presídio. Dezenove já tinham sido capturados no momento em que o comunicado oficial foi divulgado. A lista dos fugitivos ainda não foi liberada pela Administração Penitenciária.

Moradores das imediações do presídio ouviram a explosão e tiros. Nas redes sociais, áudios, fotos e vídeos circulam demonstrando o medo das pessoas, que relatam, inclusive, a possível invasão de detentos a casas próximas ao PB1.

Notícias mais lidas