Moeda: Clima: Marés:
Início Política

Berg Lima recebeu decisão com ‘estranhamento’ e vai recorrer

O prefeito afastado de Bayeux, na Grande João Pessoa, Berg Lima (sem partido), disse nesta quinta-feira (21), pelas redes sociais, que recebeu a decisão sobre o afastamento com “estranhamento”. O presidente da Câmara de Bayeux, Jefferson Kita (PSB), aguarda autorização da Justiça do Estado para assumir a prefeitura.

Berg foi destituído do cargo nessa quarta-feira (20) após decisão do Pleno do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), por 12×1, que recebeu uma denúncia do Ministério Público da Paraíba (MPPB) sobre contratação de servidores fantasmas.

Em vídeo gravado por celular, Berg Lima disse que vai recorrer e espera voltar ao cargo de prefeito de Bayeux. Está é a segunda vez que o gestor é afastado da prefeitura por investigações de corrupção.

Em julho de 2017, Berg Lima foi preso e levado para o 5º Batalhão de Polícia Militar, em João Pessoa, após ser cassado por ser flagrado, supostamente, cobrando propina a um empresário da cidade. Em dezembro de 2018, após uma decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ele voltou ao cargo de prefeito.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Berg Lima (@berglimapb) em

Comentários

Warlley disse:

Prefeito que sempre trabalhou pelo POVO, a perseguição é muito grande 4 anos que o presidente da câmara tenta derrubar o Gestor mais o POVO está com ele.

Berg transformou a cidade num canteiro de Obras, tomou grandes decisoes e ações de enfrentamento do Covid 19 onde Bayeux tem o menor número de casos da região metropolitana.

Em breve estará de volta.

Marcelo disse:

Sempre ele,prefeito ladrão da gota

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.