Início Entretenimento

Bia Dória expõe ‘Arte Sustentável’ na Estação Cabo Branco, em JP

A artista plástica Beatriz Maria Bettanin Doria vai expor obras da sua primeira fase artística na Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, no Altiplano. A abertura da exposição individual intitulada “Arte Sustentável – Natureza em forma e imagem” será nesta quinta-feira (8), no corredor e hall do prédio administrativo da Estação Cabo Branco. As obras ficam expostas para visitação pública até o dia 13 de maio. O horário de visitação é de terça a sexta-feira de 9h – 18h. Sábado, domingo e feriado de 10h – 19h, com entrada gratuita para todos os públicos.

Em “A Arte Sustentável” o visitante encontrará pedaços de árvores e raízes calcinadas (queimadas) dos incêndios causados pelo homem na mata atlântica brasileira, que receberam um tratamento todo especial nas mãos da artista e ressurgem como verdadeiras obras de arte.

Beatriz Maria, ou Bia Dória, como é mais conhecida, trabalha, em suas peças, sobretudo, com as imperfeições das árvores para depois dar vida e exuberância ao material encontrado na natureza. “São obras de uma das primeiras fases da escultora e evidenciam toda dramaticidade das florestas e matas acometidas pelos incêndios”, comentou a curadora da Estação Cabo Branco, Larissa França.

Toda a inspiração para suas obras e esculturas (pequenas e grandes), desta exposição e de outras que realizou, vem do grande mestre Frans Krajcberg, do qual a artista foi aluna, é admiradora e tem muito respeito. Algumas delas podem ser vistas no atelier da artista em São Paulo. Frans Kracjberg abriu a exposição inaugural da Estação das Artes, faleceu no ano passado vitimado por um câncer de pele, e foi um grande pintor, escultor, gravador, fotógrafo e artista plástico nascido na polônia e naturalizado brasileiro.

As obras desta exposição “Arte Sustentável” compõem o acervo da TWS Empreendimentos que ofereceu para público paraibano uma verdadeira reflexão sobre a questão do desmatamento das florestas, poluição dos rios, mares, ao mesmo tempo deu oportunidade ao público dar um verdadeiro mergulho nas possibilidades no mundo das artes plásticas, em especial da escultura.

A exposição “Arte Sustentável” de Bia Dória integra a programação do Mês da Mulher, promovida pela Estação Cabo Branco neste mês de março, como forma de homenagear e reconhecer o trabalho, a arte, a luta das mulheres brasileiras na sociedade contemporânea.

Sobre Bia Dória – Beatriz Maria Bettanin Doria é natural de Pinhalzinho (Santa Catarina), radicada em São Paulo desde 1980. Combateu queimadas no sul do Brasil, sua terra natal. Participou de ações de reflorestamento pelo Brasil. Junto com Frans Krajcberg participou do plantio de 9 mil pés de braúna, no sul da Bahia, e também nas ações realizadas em Nova Viçosa, chamadas “O Grito”. Fez parte, por três vezes, do Fórum Mundial da Sustentabilidade, evento organizado pelo Grupo de Líderes Empresariais (Associação criada por seu marido, João Doria Júnior), em Manaus, com a presença de Al Gore, James Cameron, Sigourney Weaver, Richard Branson e Arnold Schwarzenegger. Também participou duas vezes do Fórum Mundial da Sustentabilidade, evento organizado pelo Lide em Foz do Iguaçu, Paraná, com a presença do fotografo Sebastião Salgado e do navegador Amyr Klink.

Promoveu e participou de várias exposições ecológicas no Brasil e exterior. No ano passado (2017) expôs em Miami (EUA) na 11ª edição do Pinta Miami e expos sua individual “Arte e Fé de São Paulo a San Paolo”, na  Basílica Papale di San Paolo Fuori delle Mura (Roma, Itália). Atualmente é a primeira dama da cidade de São Paulo e casada com o atual prefeito da cidade paulista, o empresário João Dória Júnior.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.