Moeda: Clima: Marés:

Botafogo-PB fica no 0 a 0 em jogo contra o Remo-PA

Empate não era bom negócio para o Botafogo, por jogar em casa, com o apoio da torcida
Foto: Divulgação

O Botafogo da Paraíba voltou a empatar, jogando em casa nesse domingo (24), não saindo do 0 a 0 com o Remo-PA, no estádio Almeidão, em João Pessoa. Esse foi o quarto empate botafoguense na competição, que agora soma 26 pontos, continuando na caminhada na luta pela classificação para a próxima fase.

Em jogo bem estudado pelos dois lados, Botafogo e Remo procuravam encontrar o caminho do gol, mas não conseguiram superar os sistemas defensivos. Com isso, a disputa pela bola persistiu mais no meio-campo, seguindo as orientações de concentrar a marcação, para evitar erros. O 0 a 0 persistiu até o fim do primeiro tempo.

O empate não era bom negócio para o Botafogo, por jogar em casa, com o apoio da torcida e a necessidade de vencer para aumentar a vantagem na pontuação, na luta pela classificação. O treinador Itamar Schülle fez uma série de mudanças, para tentar surpreender nas jogadas oficiais, especialmente, pelos lados.

O Remo também procurou seguir o protocolo fazendo trocar e buscar somar mais três pontos. Mas o placar não foi alterado e o empate de 0 a 0 não agradou em nenhuma das equipes, principalmente, pelo lado do Remo, que estacionou nos 22 pontos e continua fora do G8, precisando vencer os próximos jogos e ainda torcer por fracassos dos seus concorrentes.

Na verdade, tanto os botafoguenses como os remistas erram bastante nas conclusões das jogadas, na ligação do meio-campo, em busca dos atacantes, nas duas equipes. Ainda surgiram os lances de faltas e escanteios, mas não foram aproveitados.

O Botafogo-PB esteve com Victor Golas, Elias, Leandro Camilo, Paulo Vitor e Salomão; Tinga (Adriano), PH, Marcelinho (Kesley) e Esquerdinha (Nadson); Gustavo Coutinho (Schumacher) e Adilson Bahia (Leilson).

O Remo-PA empatou com Zé Carlos, Celsinho, Daniel Felipe, Marlon e Leonan; Marcel, Paulinho Curuá, Anderson Paraíba (Jean Patrick) e Bruno Alves (Erick Flores); Leandro Carvalho (Netto Norchang) e Brenner (Vanilson).

O encontro entre Botafogo-PB e Remo-PA teve no comando da arbitragem o paraense, Lucas Paulo Torezin. Os assistentes foram Andrey Luiz de Freitas e André Luiz Severo, também pertencentes a Federação Paranaense de Futebol. Os paraibanos Tiago Ramos de Oliveira e Miguel Félix também trabalharam como reserva e analista de campo, respectivamente.

O time botafoguense vai para o próximo jogo, quando encara o Manaus-AM, na Arena Amazônia, às 17h, valendo pela 17ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. O Remo terá pela frente o Ferroviário-CE, na segunda-feira, às 20h.

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.